A Autorrealização na Era de Ferro

pronto-26-foto-1

A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada
(Trecho da obra Uma Solução para a Era das Desavenças)

As escrituras védicas descrevem um tempo de desavenças e caos, mas essas mesmas escrituras descrevem um processo não-sectário, e de benefícios facilmente observáveis, para nos abrigarmos na busca pela perfeição.

Esta era de Kali, a era de ferro, não é de modo algum adequada para a autorrealização, como costumava ser a era de Satya, também conhecida como era de ouro, ou mesmo as eras de Treta ou Dvapara, as quais também são conhecidas como era de prata e era de cobre, respectivamente. Para a autorrealização, as pessoas na era de Satya, vivendo uma duração de vida de cem mil anos, podiam meditar por um longo tempo. Na era de Treta, quando a duração de vida era de dez mil anos, a autorrealização era alcançada pela realização de grandes sacrifícios. Na era de Dvapara, por sua vez, a duração de vida era de mil anos, e a autorrealização era alcançada pela adoração ao Senhor no templo. Na era de Kali, no entanto, a duração máxima de vida, como já dito, é de apenas cem anos, e isso combinado a várias outras dificuldades. Nesta era, portanto, o processo recomendado para a autorrealização é ouvir e cantar o santo nome de Deus.

Aqueles que estão ocupados em serviço devocional puro ao Senhor, começando por ouvir e cantar os Seus santos nomes, são capazes de se livrar das desavenças desta era complicada. Os líderes do povo estão muito ansiosos por viver em paz e amizade, mas não têm informação do método simples de ouvir as glórias do Senhor. Ao contrário, tais líderes se opõem à propagação das glórias do Senhor e decretam variados planos anualmente, mas, devido às insuperáveis complexidades da natureza material, todos esses planos para ο progresso estão sendo constantemente frustrados. Eles não têm olhos para ver que suas tentativas de paz e amizade estão fracassando. No entanto, aqui está a sugestão para a superação dοs obstáculos: Se quisermos verdadeira paz, teremos que abrir caminho para a compreensão do Senhor Supremo e, então, glorificá-lO.

Continue com Sua Religião, Continue com Sua Profissão

Quando nos escutam cantar o mantra Hare Krishna, alguém talvez pense que esses nomes de Deus são hindus. Existem algumas pessoas sectárias que pensam assim, mas a instrução do Movimento da Consciência de Krishna é esta: “Não importa o nome que você cante. Se você tem outro nome de Deus que seja fidedigno, você pode cantar esse nome. Em todo caso, cante o nome de Deus.” Não pense que este Movimento está tentando converter você de cristão para hindu. Permaneça cristão, judeu ou muçulmano. Isso não faz diferença alguma. Nós não estamos ensinando nenhum tipo particular de religião.

pronto-26-foto-2

Arjuna não mudou sua posição na sociedade depois de receber as instruções de Krishna.

E você não tem que mudar sua situação social. Se você é estudante, permaneça estudante. Se você é um homem de negócios, permaneça homem de negócios. Mulher, homem, negro, branco – qualquer um pode cantar Hare Krishna. É um processo simples e não se cobra nada. Não estamos dizendo: “Deem-nos tantos dólares e daremos a vocês este mantra Hare Krishna.” Não. Nós o estamos distribuindo publicamente. Você simplesmente tem que o adotar e experimentá-lo. Você chegará rapidamente à plataforma transcendental. Quando você ouve o cantar, isso é meditação transcendental.

Você não precisa fazer mudanças externas, mas, se você quer realmente tornar sua vida perfeita, tente desenvolver seu amor dormente, seu amor por Deus, pois essa é a perfeição da vida.

Amparo Escritural e Filosófico

Na escritura de nome Kali-santarana Upanisad, declara-se: “Após buscar por toda a literatura védica, não se conseguirá encontrar um método de religião mais sublime para esta era de Kali do que cantar Hare Krishna.”

Na Narayana-samhita, também encontramos: “Na era de Dvapara, as pessoas devem adorar o Senhor apenas pelos princípios reguladores do Narada-pancaratra e de outros livros similarmente autorizados. Na era de Kali, entretanto, as pessoas devem simplesmente entoar o santo nome da Suprema Personalidade de Deus.”

pronto-26-foto-3

Alguns acreditam que o canto de mantras é uma prática para sentimentalistas. Longe disso, tem amplo amparo escritural e filosófico.

A importância de cantar o santo nome do Senhor também é declarada no seguinte verso do Srimad-Bhagavatam (12.3.51): “Embora a era de Kali seja repleta de defeitos, ainda há uma boa qualidade em relação a ela. Simplesmente por entoar o maha-mantra Hare Krishna, o sujeito pode se livrar do condicionamento material e ser promovido ao reino transcendental.”

Vemos, portanto, que o processo do cantar é um princípio autorizado pela literatura védica. Nós do Movimento para a Consciência de Krishna não somos sentimentalistas; temos muitos livros: Bhagavad-gita Como Ele É, Srimad-Bhagavatam, Os Ensinamentos do Senhor Caitanya, Isopanisad e outros. E temos nossa revista também: Volta ao Supremo. Ninguém deve pensar que somos sentimentalistas, pois estamos amparados por um pensamento altamente filosófico.

Efeitos Experimentados

Como mostramos, não estamos introduzindo este sistema do cantar por meio de nossa invenção mental, para tornar as coisas fáceis. A literatura védica o recomenda, e é prático. Se você praticar, você verá que está se elevando à plataforma transcendental. As pessoas estão obtendo bons resultados hoje, e não apenas na Índia, mas aqui no ocidente também.

Essa vibração sonora transcendental imediatamente transportará você à plataforma transcendental, sobretudo se você tentar ouvir absorvendo sua mente no som. Assim, nosso pedido é que você tenha uma experiência com o cantar. Simplesmente cante – em casa ou em qualquer lugar. Não há restrição de tempo, circunstâncias ou lugar. Em qualquer lugar, a qualquer momento, você pode meditar através do canto de Hare Krishna. Nenhuma outra meditação é possível enquanto você caminha pela rua, mas essa meditação é possível. Você está trabalhando com suas mãos? Você pode cantar Hare Krishna. É maravilhoso.

O Significado do Mantra Hare Krishna

Krishna é o nome perfeito para Deus. A palavra sânscrita krishna significa “o todo-atrativo”. E rāma, por sua vez, significa “o prazer supremo”. Se Deus não é todo-atrativo e pleno de prazer supremo, que sentido há em Deus? Deus tem que ser a fonte do prazer supremo; de outro modo, como você poderia ficar satisfeito com Ele? Seu coração está ansiando por muitíssimos prazeres. Se Deus não pode satisfazer você com todos os prazeres, como Ele pode ser Deus? E Ele também tem que ser todo-atrativo.

A palavra hare indica a energia do Senhor Supremo. Tudo está sendo feito pela energia do Senhor Supremo. Então, quando cantamos Hare Krishna, estamos orando à energia do Senhor Supremo e ao próprio Senhor Supremo: “Por favor, erguei-me. Por favor, erguei-me. Estou no conceito corpóreo de vida. Estou nesta existência corpórea. Estou sofrendo. Por favor, erguei-me à plataforma espiritual a fim de que eu seja feliz.”

Restabelecendo Nossa Consciência

Como almas espirituais, nós todos somos originalmente entidades conscientes de Krishna, mas, devido à nossa associação com a matéria desde tempos imemoriais, a nossa consciência está adulterada pela atmosfera material. A atmosfera material, na qual todos nós estamos agora vivendo, é chamada de maya, ou ilusão. Maya significa “aquilo que não é”. E o que é essa ilusão? A ilusão é que nós todos estamos tentando ser senhores da natureza material, ao passo que a verdade é que estamos sob o jugo de suas leis estritas. Quando um servo tenta imitar artificialmente o mestre todo-poderoso, é dito que ele está em ilusão. Tentamos explorar os recursos da natureza material, mas, na verdade, nós ficamos cada vez mais atados, enredados em suas complexidades. Portanto, embora ocupados em uma árdua luta para conquistar a natureza, ficamos cada vez mais dependentes dela. Essa luta ilusória contra a natureza material pode ser parada de uma só vez ao revivermos a nossa eterna consciência de Krishna.

Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare/ Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare é o processo transcendental para se reviver essa consciência pura e original. Cantando essa vibração transcendental, podemos eliminar todas as dúvidas do nosso coração. O princípio básico de todas essas dúvidas é a falsa consciência de que somos o senhor de tudo o que está ao nosso alcance.

A consciência de Krishna não é uma imposição artificial à mente. Essa consciência é a energia original e natural da entidade viva. Quando ouvimos essa vibração transcendental, essa consciência revive. Como dito, esse método, o mais simples, é recomendado especificamente para esta era. Nenhum outro meio de perfeição espiritual é tão efetivo nesta era de desavenças e hipocrisia quanto o cantar do mahā-mantra.

Se gostou deste material, também gostará destes: Ciência do Mantra | Lições de um Papagaio | O Significado do Mantra Hare Krishna.

 Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:

Sri Sri Siksastaka 2Bhagavad gita luxocaminho da perfeicao