A Importância da Companhia dos Devotos

dia2 A Importância da Companhia dos Devotos (artigo - sadhana)5 (1)

Rohininandana Dasa 

Porque ser regulado é essencial para a prática da consciência de Krishna, devemos tentar nos encontrar regularmente com devotos que aspiram ao serviço a Krishna. 

Para ilustrar o valor supremo da associação espiritual, Srila Prabhupada escreveu: “Assim como o fogo é desperto na madeira a partir de outro fogo, a consciência divina do ser humano pode ser similarmente desperta por outra divina graça. Sua Divina Graça, o mestre espiritual, pode acender o fogo espiritual a partir da entidade viva, que é similar à lenha, ao compartilhar mensagens espirituais apropriadas através da recepção auditiva”. (Srimad-Bhagavatam 1.2.32, significado)

Embora a lenha inclua o fogo no sentido de que tem o potencial de queimar, um pedaço de madeira sempre permanecerá um pedaço tosco de madeira, independente de o quanto possa estar seco ou ser inflamável, a menos que entre em contato com um fogo. Similarmente, cada um de nós precisa fazer contato com alguém que, por assim dizer, está em chamas com a consciência divina, ou a consciência de Krishna, a fim de que nosso potencial espiritual possa ser vivenciado.

Outra analogia védica diz que, assim como uma mulher fértil tem que receber a ajuda de um homem para conceber uma criança, qualquer pessoa, independente de quão qualificada, tem que receber a semente da vida espiritual de um devoto puro do Senhor Krishna. A partir dessa semente, cresce a planta da devoção a Krishna.

USA, Utah, Orem, Man kissing pregnant wife on belly

Independente de quão fértil, uma mulher não pode gerar um filho até receber a ajuda de um homem.

Depois do marcante evento inicial de receber em nosso coração as palavras divinamente poderosas do guru, nossa planta devocional precisa ser aguada regularmente para poder crescer forte e saudável. Srila Prabhupada formou a Sociedade Internacional para a Consciência de Krishna para que seus membros possam se encontrar com regularidade e cumprir o propósito de versos escriturais como este falado por Krishna: “Os pensamentos de Meus devotos puros residem em Mim, suas vidas são completamente devotadas a Meu serviço, e eles obtêm grande satisfação e bem-aventurança sempre se iluminando mutuamente e conversando sobre Mim”. (Bhagavad-gita 10.9)

Srimad-Bhagavatam (3.25.25) resume os resultados de se encontrar com os devotos: “Na companhia dos devotos puros, a discussão dos passatempos e das atividades da Suprema Personalidade de Deus é muito agradável e satisfaz o ouvido e o coração. Pelo cultivo de semelhante conhecimento, a pessoa avança gradualmente no caminho da libertação, até se tornar livre e sua atração se tornar fixa. Então, a verdadeira devoção e o verdadeiro serviço devocional têm início”.

Você pode estar se perguntando onde encontrar “devotos puros”, e se você poderia, em algum momento, ser um devoto comum, e o que dizer de um devoto puro. É claro que é altamente desejável associar-se com devotos avançados, mas, como eu, você talvez viva longe de devotos membros do Movimento para a Consciência de Krishna. Então, o que podemos fazer para termos companhias conscientes de Krishna com regularidade?

 dia2 A Importância da Companhia dos Devotos (artigo - sadhana)5 (3)

Na companhia dos devotos puros, a discussão dos passatempos e das atividades da Suprema Personalidade de Deus é muito agradável.

Os dois versos citados acima podem se aplicar a nós também, quando consideramos que o termo “devoto puro” pode se referir ou ao devoto mais elevado, ou a um neófito que tenta sinceramente se tornar um devoto. Srila Prabhupada, certa vez, disse que todos os seus discípulos eram devotos puros.

Podemos encontrar outras pessoas em nossa região que estão interessadas na consciência de Krishna e nos associarmos com elas. Quando lemos os livros de Srila Prabhupada ou assistimos a um vídeo, estamos todos ali reunidos tendo a companhia de um devoto puro, ainda que por meio de um registro escrito ou áudio-visual. Podemos nos reunir assim e aplicar os princípios que Srila Rupa Gosvami delineia com os seis sintomas de amor que os devotos compartilham entre si: dar e receber presentes, revelar a mente e indagar confidencialmente, e oferecer e receber prasada, o alimento oferecido a Krishna.

Com quem quer que esteja à disposição, podemos nos reunir na casa uns dos outros, cantar Hare Krishna em um parque, adorar o Senhor em imagens em porta-retratos, compartilharmos nossos esforços para praticar a vida espiritual e assim por diante. Podemos até mesmo – por que não? – discutir como ajudar a propagar a consciência de Krishna.

Porque ser regulado é essencial para a prática da consciência de Krishna, devemos tentar nos encontrar regularmente com devotos que aspiram ao serviço a Krishna. A partir de vaidhi-bhakti, a prática devocional regulada, cresce raganuga-bhakti, a prática devocional espontânea, que pode amadurecer e se tornar amor puro por Krishna.

.

Se gostou deste material, também gostará destes: Seis e Seis: O que Evitar e o que Buscar para o Sucesso na Vida Espiritual, Por que e Como Orar, Vandana, Voltando-se para a Oração.

.

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:
dia2 A Importância da Companhia dos Devotos (artigo - sadhana)5 (4)dia2 A Importância da Companhia dos Devotos (artigo - sadhana)5 (5) dia2 A Importância da Companhia dos Devotos (artigo - sadhana)5 (1)

Anúncios