Desatenção no Cantar dos Nomes de Deus

dia15. (artigo - mantra) Desatenção (ta) (1)

Srila Haridasa Thakura
(da obra Hari-nama Cintamani)

Dize-me como vai tua japa e te direi o quanto és afortunado.

Desatenção conta como uma das ofensas ao cantar dos santos nomes. Mesmo se alguém for bem-sucedido em superar todas as outras ofensas ao cantar, começando pela blasfêmia aos santos, e mesmo se canta continuamente, o amor a Deus pode não vir. Deve-se saber que a razão para isso é que a pessoa está cometendo a ofensa conhecida como pramada, ou desatenção. Esta ofensa bloqueará o progresso até prema.

Pramada também pode significar “loucura”, mas, neste contexto que analisamos, significa “desatenção” ou “descuido”. É a partir desta ofensa que todas as outras ofensas surgem. Os sábios reconhecem três tipos de desatenção: indiferença, preguiça e distração (atração por outros objetos).

Indiferença

Por boa fortuna, após obter fé, a alma adotará o cantar do santo nome. Por cantar regularmente, contando cuidadosamente em contas de madeira de tulasi, o sujeito desenvolverá atração pelo nome. Entretanto, até que essa atração tenha se desenvolvido verdadeiramente, a pessoa tem que ser muito cuidadosa no tocante a como canta. Naturalmente, o homem comum, tendo apego a coisas materiais, terá atração por essas coisas enquanto canta. Embora cante japa todos os dias, se seu gosto está em outro lugar, ele mostrará indiferença pelo santo nome. Seu coração não ficará absorto no cantar do nome, mas em algum objeto material. Como isso poderia beneficiá-lo? Ele talvez cante 64 voltas estritamente em suas contas de japa, mas, em seu coração, ele não recebeu nem mesmo uma gota de gosto pelo nome. Essa indiferença, ou apatia, em relação ao nome é um tipo de desatenção. No coração de um materialista, é inevitável.

dia15. (artigo - mantra) Desatenção (ta) (2)

Por cantar regularmente, contando cuidadosamente em contas de madeira de tulasi, o sujeito desenvolverá atração pelo nome.


Se há indiferença ou falta de atração pelo nome, a pessoa deve buscar a companhia de vaishnavas que estejam cantando apropriadamente, em algum lugar livre da influência material. Por cantar nessa situação, sua absorção em coisas materiais será reduzida. Inspirado pela conduta dos vaishnavas, abandonará essa falha. Gradualmente, o coração desenvolverá atração pelo nome e ansiará pelo néctar do nome. Os devotos avançados recomendam que se viva em um local onde Krishna realizou Seus passatempos, perto de tulasi, na companhia dos vaishnavas e, gradualmente, se aumente o tempo do cantar. Rapidamente, o gosto por objetos materiais irá embora. Outro remédio é cantar cuidadosamente em um cômodo onde não haja mais ninguém e cuja porta você possa trancar, ou concentrar-se no nome enquanto mantém os olhos, os ouvidos e o nariz tampados por um tecido sobre a cabeça, ou algo similar, para impedir estimulos externos. Cuidadosamente cantando deste modo, uma atração ou gosto pelo nome se fará presente, e a indiferença será suplantada.

Preguiça

Se alguém canta com uma mente apática, ou se, após cantar um pouco, a pessoa para antes de completar sua volta, isso se chama “preguiça”. Deste modo, o gosto pelo nome não pode se desenvolver. O remédio para isso é buscar a companhia dos vaishnavas que não perdem tempo com atividades materiais, senão que cantam e lembram constantemente o santo nome, estando absortos somente no nome. Devem-se seguir os seus passos.

dia15. (artigo - mantra) Desatenção (ta) (3)

Quando alguém vê como o verdadeiro vaishnava, ou sadhu, não perde tempo em buscas inúteis, desenvolve o desejo de ser assim também.

Quando alguém vê como o verdadeiro vaishnava, ou sadhu, não perde tempo em buscas inúteis, desenvolve o desejo de ser assim também. Em sua mente, pensará: “Fantástico!” Mediante isso, o entusiasmo chegará à mente preguiçosa, permitindo que o indivíduo supere a ofensa da preguiça, ou inércia. Sentir-se-á determinado a aumentar seu canto todos os dias. Por meio dessa avidez em suas voltas e pela misericórdia dos devotos, a ofensa da inércia logo se fará ausente.

Distração

Deve-se ter o cuidado de eliminar o terceiro tipo de desatenção: a distração. É a partir da distração que nascem todos os tipos de desatenção. Esta falha reside na atração pelo sexo oposto e riquezas, atração pelo sucesso material ou vitória, desejo por posição de prestígio e a propensão a enganar. Se alguém tem atração por quaisquer dessas categorias, esse alguém naturalmente será desatento no cantar do santo nome. É preciso ter zelo e eliminar essas fixações por seguir a conduta vaishnava apropriada. Em dias de ekadashi e dias comemorando adventos, a pessoa deve parar de pensar em comer e, ao longo de todo o dia e de toda a noite, cantar na companhia dos devotos. Deste modo, a pessoa alegremente se ocupará em atividades devocionais, ouvindo as escrituras do Senhor na companhia dos servos do Senhor na morada do Senhor. Gradualmente, a porção de bhakti na mente do sujeito crescerá, e a mente regozijará na audição de tópicos sobre Krishna. O gosto superior virá, e o gosto inferior irá embora. Ao ouvir canções sobre Krishna a partir da boca de devotos puros, a mente e os ouvidos experimentarão o verdadeiro néctar. Desta maneira, o desejo por objetos materiais baixos desaparecerá, e o coração ficará constantemente fixo no cantar do nome e atraído por ele. Evitando a ofensa da distração, a pessoa será capaz de sentir prazer no néctar do nome.

Jamais se deve, portanto, estar desatento enquanto se cumpre o número de voltas prescritos nas contas de japa. Isso deve ser observado todos os dias. Enquanto canta as voltas prescritas, a pessoa deve evitar os diferentes tipos de desatenção. Abandonando o desejo de aumentar o número de voltas para exibir-se, o sujeito deve tentar primeiro se concentrar bem no número de voltas com que consegue lidar. Portanto, o devoto começa cantando com plena concentração em um local pacífico por um pequeno período de tempo. Sempre estará pedindo ao Senhor em oração que cante voltas claras e atentas com a mente fixa em Krishna, pois, pelo próprio esforço, ninguém é capaz de algo. A graça de Krishna é necessária para cruzar o oceano da existência material. Ansioso no coração, deve-se implorar por misericórdia, e, como Krishna é misericordioso, Ele ajudará. Quem quer que não tente obter essa misericórdia é muito desafortunado.

.

Se gostou deste material, também gostará destes: Deu Bossa no Mantra, Deus na Forma de Música, Músicas para Krishna: George Harrisson Fala sobre Suas Composições Devocionais, Som e Serenidade, Chant and Be Happy: A História do Álbum, Batendo na Porta do Céu.

.

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destes produtos:

dia15. (artigo - mantra) Desatenção (ta) (4) dia15. (artigo - mantra) Desatenção (ta) (5) dia15. (artigo - mantra) Desatenção (ta) (6) dia15. (artigo - mantra) Desatenção (ta) (1)