O Melhor Processo para Aperfeiçoamento da Vida

O Melhor Processo para Aperfeiçoamento da Vida

Sri Krsna Bhagavan
Excertos do capítulo 14 do canto 11 do Srimad-Bhagavatam

Pela influência do tempo, o som transcendental do conhecimento védico perdeu-se no momento da aniquilação. Portanto, quando aconteceu a criação subsequente, transmiti a Brahma o conhecimento védico, porque Eu próprio sou os princípios religiosos enunciados nos Vedas. O senhor Brahma falou este conhecimento védico a seu filho mais velho, Manu, e os sete grandes sábios encabeçados por Bhrgu Muni então aceitaram o mesmo conhecimento de Manu. Dos antepassados encabeçados por Bhrgu Muni e outros filhos de Brahma, apareceram muitos filhos e descendentes, que assumiram diferentes formas como semideuses, demônios, seres humanos, Guhyakas, Siddhas, Gandharvas, Vidyadharas, Caranas, Kindevas, Kinnaras, Nagas, Kimpurusas e assim por diante. Todas as muitas espécies universais, bem como seus respectivos líderes, apareceram com diferentes naturezas e desejos gerados dos três modos da natureza material. Por isso, em virtude das diferentes características das entidades vivas dentro do Universo, existe grande quantidade de rituais, mantras e recompensas védicos.

Dessa maneira, devido à grande variedade de desejos e naturezas entre os seres humanos, há muitas diferentes filosofias teístas de vida, que são transmitidas através de tradição, costumes e sucessão discipular. Existem outros mestres que diretamente sustentam pontos de vista ateístas. A inteligência dos seres humanos é confundida por Minha potência ilusória, e, destarte, segundo suas próprias atividades e caprichos, falam de inúmeras maneiras sobre o que é de fato bom para as pessoas. Alguns dizem que as pessoas serão felizes caso executem atividades religiosas pias. Outros dizem que se alcança a felicidade através de fama, gozo dos sentidos, veracidade, autocontrole, paz, interesse próprio, influência política, opulência, renúncia, consumo, sacrifício, penitência, caridade, votos, deveres regulados ou regulação disciplinar estrita. Cada processo tem seus proponentes. Todas as pessoas que acabei de mencionar obtêm frutos temporários de seu trabalho material. De fato, as situações deficientes e deploráveis que atingem trazem infelicidade futura e baseiam-se em ignorância. Mesmo enquanto gozam os frutos de seu trabalho, tais pessoas estão cheias de lamentação.

Quem fixa sua consciência em Mim, abandonando todos os desejos materiais, partilha coMigo uma felicidade que não pode ser experimentada por aqueles que se dedicam ao gozo dos sentidos. Aquele que não deseja nada neste mundo, que alcançou a paz mediante o controle dos sentidos, cuja consciência é igual em todas as condições e cuja mente obtém plena satisfação em Mim encontra apenas felicidade aonde quer que vá. Quem fixou a consciência em Mim não deseja a posição ou morada do senhor Brahma ou do senhor Indra, nem um império na Terra, nem soberania nos sistemas planetários inferiores, nem a perfeição óctupla do yoga, nem liberação dos nascimentos e mortes. Tal pessoa deseja apenas a Mim.

Aqueles que não têm nenhum desejo de prazer pessoal, cujas mentes estão sempre apegadas a Mim, que são pacíficos, livres de falso ego e misericordiosos para com todas as entidades vivas, e cuja consciência nunca é afetada por oportunidades de gozo dos sentidos — tais pessoas desfrutam em Mim de uma felicidade que não pode ser conhecida nem alcançada por aqueles que carecem de tal desapego do mundo material.

Sem ter dominado por completo os sentidos, Meu devoto talvez seja molestado por desejos materiais, mas, em virtude de sua devoção inabalável por Mim, ele não será derrotado pelo gozo dos sentidos. Assim como o fogo ardente converte lenha em cinzas, da mesma forma, a devoção a Mim reduz completamente a cinzas os pecados cometidos por Meus devotos. O imaculado serviço devocional que Meus devotos prestam a Mim coloca-Me sob o controle deles. Não posso ser controlado dessa forma nem por quem se ocupa no yoga místico, na filosofia sankhya, trabalho piedoso, estudo védico, austeridade ou renúncia. Apenas por praticar serviço devocional imaculado com plena fé em Mim pode-se obter a Mim, a Suprema Personalidade de Deus. Sou naturalmente querido por Meus devotos, que Me aceitam como a única meta de seu serviço amoroso. Dedicando-se a tal serviço devocional puro, até os comedores de cães podem se purificar da contaminação de seu nascimento inferior.

Atividades religiosas dotadas de honestidade e misericórdia ou conhecimento obtido com grande penitência não podem purificar por completo a consciência de alguém, caso estejam destituídas de serviço amoroso a Mim. Se os pelos do corpo não se arrepiam, como pode o coração derreter-se? E se o coração não se derrete, como podem os olhos derramar lágrimas de amor? Se não se chora de felicidade espiritual, como se pode prestar serviço amoroso ao Senhor? E sem tal serviço, como se pode purificar a consciência? Um devoto cuja fala às vezes fica sufocada, cujo coração se derrete, que chora continuamente e às vezes ri, que se sente envergonhado e grita em voz alta e então dança — um devoto assim fixo em serviço amoroso a Mim purifica o Universo inteiro. Assim como o ouro, quando derretido no fogo, abandona suas impurezas e retorna a seu brilhante estado puro, da mesma forma, a alma espiritual, absorta no fogo de bhakti-yoga, purifica-se de toda a contaminação causada pelas atividades fruitivas anteriores e retorna a sua posição original de serviço a Mim no mundo espiritual.

Quando se trata um olho doente com unguento medicinal, ele recupera aos poucos sua capacidade de ver. De modo semelhante, à medida que a entidade viva consciente se purifica da contaminação material mediante o processo de ouvir e cantar as piedosas narrações de Minhas glórias, ela readquire sua capacidade de ver a Mim, a Verdade Absoluta, em Minha sutil forma espiritual. A mente de quem medita nos objetos de gozo dos sentidos decerto está enredada em tais objetos, mas se alguém se lembra a todo momento de Mim, então sua mente se absorve em Mim. Portanto, devem-se rejeitar todos os processos materiais de elevação, que são como as criações mentais de um sonho, e deve-se absorver a mente por completo em Mim. Pensando a todo o momento em Mim, a pessoa se purifica.

Anúncios

Uma resposta

  1. krishna kumara das

    Porque não fazemos um mega festival em todas as praças das cidades do Brasil cantando horas e horas e distribuindo livros todos os dias? Cantar, dançar e distribuir livros desapegado de todas as preocupações de como dormir, como comer, deixando Krishna tomar conta, é o tipo de serviço que eu gostaria de estar fazendo quando abandonar o corpo.

    4 de junho de 2013 às 4:17 PM

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s