dia4 Ser Estrito (ta) (artigo - pregação)

Bhakti-vikasa Swami

Bhaktivinoda Thakura diz: “Um devoto com marca sagrada na testa, cordão sagrado no pescoço e a mulher alheia no colo – aí está um servo da era da hipocrisia”.

Em termos gerais e resumidamente, o devoto é uma pessoa legal. É isso que esperamos. Krishna diz quais qualidades devemos desenvolver, e inclui “não perturbar os outros”, e diz que Ele fica satisfeito quando fazemos isso. Então, se você pensa: “Bem, vou perturbar aquela pessoa”, mas, em seguida, pensa: “Não! Não! Krishna não vai gostar disso. Então, não vou fazer isso!”, você pode se tornar querido a Krishna, por lembrar-se das instruções dEle. Em geral, ninguém pensa: “Vou perturbar aquela pessoa”, mas devemos pensar: “Agindo assim, eu talvez gere ansiedade desnecessária naquela pessoa, então não procederei assim”.

O termo “desnecessário” é importante. O Srimad-Bhagavatam (3.29.15) diz que a qualidade do devoto é não se envolver em violência “excessiva”, “desnecessária”, porque evitar completamente não é possível.

kriya-yogena sastena natihimsrena nityasah

“Enquanto pratica o serviço devocional, que é muito glorioso, deve-se sistematicamente evitar a violência excessiva“.

Por exemplo, os jainistas colocam um pedaço de tecido de algodão na frente da boca para não respirarem nenhum inseto, mas na produção de algodão muitos insetos são mortos. Quando se diz que não devemos colocar outros em ansiedade, isso significa não o fazer deliberadamente, mas mesmo por acidente isso acontece. Algumas vezes, as pessoas julgam equivocadamente nossas intenções, e assim ficam perturbadas. Outras vezes, fazemos um mal objetivo aos outros sem termos a intenção; por exemplo, alguém joga um cigarro fora em uma lixeira com jornal e, assim, coloca fogo em toda uma casa. Não era sua intenção, mas aconteceu, e isso causou ansiedade a outros.

dia4 Ser Estrito (ta) (artigo - pregação)1

Hanuman causou muita ansiedade em Ravana.

Existem ansiedades que são necessárias, e os devotos procedem com elas. Hanuman, por exemplo, causou muita ansiedade em Ravana. Prabhupada colocava as pessoas em ansiedade. Ele viu os devotos no templo certa vez e disse: “Bem, vocês estão todos felizes sentados aqui, né? Vão embora! Vão para o Japão. Ninguém ouviu sobre Krishna no Japão. Viajem para o Japão e preguem lá!”

Na consciência de Krishna, para o sadhaka, o devoto praticante, existe certa pressão, existem muitas regras: “Acorde bem cedo de manhã”, “Cante o número de voltas de japa prescrito” – há muitas regras a serem seguidas, e as pessoas apresentam argumentos contra elas, mas insistimos que têm que ser seguidas, de acordo com as escrituras.

Em especial na residência no templo, tudo tem que ser bem estrito. Na vida de chefe de família, pode haver algumas concessões, mas também não é “faça o que quiser, quando quiser, como quiser, onde quiser”, ou, então, não há nenhuma vida espiritual. Sem regras e regulações, não há vida espiritual. É como esta moda no mundo ocidental, de ser espiritual sem ser religioso. Você apenas se sente espiritual, mas não se compromete com nada. Isso é bobagem.

dia4 Ser Estrito (ta) (artigo - pregação)2

Sem regras e regulações, não há vida espiritual.

Essas pessoas que são espirituais, porém não são religiosas, são muito preocupadas em serem legais, mas isso é superficial. São agradáveis, dizem a todos que tudo é maravilhoso, bonito, estão sempre sorrindo – estão sendo felizes em uma plataforma superficial, mas não há nada sério quanto à vida espiritual.

Algumas vezes, apresentam a consciência de Krishna como “um sentimento”, “vamos nos sentir bem”, mas não ensinam nada. Isso não passa de um assim chamado festival de bhakti. As pessoas se atraem por isso, mas não estão se atraindo realmente pelos devotos de Krishna, mas por um mero sentimento de “bem-estar”. A pregação é: “Se você está se sentindo bem por cantar Hare Krishna, ótimo. Se você se sente bem sentando garotas quaisquer de minissaia no seu colo, tudo bem também, eu também faço isso”. A mensagem deles é: “Tudo é bem-aventurança”. Mera bobagem.

Bhaktivinoda Thakura diz: “Um devoto com marca sagrada na testa, cordão sagrado no pescoço e a mulher alheia no colo – aí está um servo da era da hipocrisia”. Assim, é preciso sermos estritos, apesar de sermos legais e agradáveis. Sermos legais e agradáveis na plataforma de apresentarmos bhakti-yoga como “faça o que quiser, sinta-se bem, esse é o processo” é o caminho para o inferno.

Os devotos são naturalmente pessoas muito amáveis. É dito que todas as qualidades das pessoas divinas naturalmente se manifestam em alguém que não está interessado em nada além de servir Krishna. O devoto, então, deve ser a pessoa mais legal, pois Krishna é a pessoa mais legal, mas, na questão das práticas espirituais, o devoto também deve ser estrito. Você deve ser legal ao mesmo tempo em que canta sua japa, acorda cedo, presta o seu serviço, e não a custo de abandonar essas coisas.

dia4 Ser Estrito (ta) (artigo - pregação)3

Você deve ser legal ao mesmo tempo em que canta sua japa, acorda cedo, presta o seu serviço, e não a custo de abandonar essas coisas.

É muito importante esta questão: Devemos ser legais, sem colocar ninguém em ansiedade, ou devemos ser estritos? Pregar a consciência de Krishna significa colocar várias pessoas em ansiedade. Praticar a consciência de Krishna no mundo moderno significa você mesmo ficar em ansiedade. Seus parentes talvez não queiram que você pratique a consciência de Krishna, e quando você decide praticar, você os colocará em ansiedade. O que você faz? “Ah! Krishna diz no Bhagavad-gita que eu não devo colocar ninguém em ansiedade, então não servirei Krishna para não perturbar meus pais”. Não é essa a conclusão apropriada.

Perturbar os outros é inevitável neste mundo, e de que adianta você ser a pessoa mais popular do mundo, mas não praticar pessoalmente a consciência de Krishna? De que adianta você ser a pessoa mais popular do mundo, mas não responder de acordo com os ensinamentos de Krishna quando as pessoas perguntam o que é certo ou errado? Você vai se recolher em uma luz de glória em que todos dizem: “Que pessoa agradável”, mas você será uma pessoa completamente inútil, porque, sem praticar a consciência de Krishna, a vida é um desperdício.

dia4 Ser Estrito (ta) (artigo - pregação)4

De que adianta você ser a pessoa mais popular do mundo, mas não praticar pessoalmente a consciência de Krishna?

Não devemos nos tornar iguais àqueles dedicados ao gozo dos sentidos para pregarmos para eles. Devemos ser akinchana-bhaktas, pessoas apegadas a nada além de Krishna. Srila Bhaktisiddhanta diz: “Isso que chamam de religião ao redor do mundo, não é nada além de enganação”. Existem vários tipos de enganações na esfera religiosa, e Srila Bhaktisiddhanta estava falando, nesse momento, sobre a questão de regras. Essa ideia de ser legal com as pessoas e fazer com que se sintam bem é como fazer a caridade de dar vinho para um homem bêbado. O alcoólatra elogiará você: “Ah! Que maravilha! Que pessoa legal, agradável, amável”, mas você não o está ajudando. Ele acha que você o está ajudando e dirá: “Beber vinho é maravilhoso”, mas, por beber vinho, ele irá para o inferno.

A postura de ser amável na plataforma material não é ser amável verdadeiramente. Quem decide deixar de ser estrito para ser “legal” não observou apropriadamente Srila Prabhupada. Ele apresentou a consciência de Krishna como ela é, seguiu todos os princípios e votos estritamente, e ainda assim era muito amável. Na apresentação da filosofia, Prabhupada era muito forte e estrito, mas também vemos como Prabhupada era muito apreciador dos esforços dos devotos, muito afável. Prabhupada é a nossa referência.

Tradução de Bhagavan Dasa.

.

Se gostou deste material, também gostará destes: Significados Bhaktivedanta: Um Avatar entre Nós, Sankirtana: Nós e o Público, Quando Sally Recebeu o Swami, América Latina Vende Mais de 1 Milhão de Livros de Prabhupada.

.

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:
dia4 Ser Estrito (ta) (artigo - pregação)6dia4 Ser Estrito (ta) (artigo - pregação)7dia4 Ser Estrito (ta) (artigo - pregação)8

Anúncios