Significados Bhaktivedanta: Um Avatar entre Nós

12 (artigo - pregação) Significados Bhaktivedanta1Nrisimhananda Dasa

Seguindo a estratégia de seu mestre, Srila Prabhupada dedicou sua vida a trazer a maior e mais acessível coletânea de instruções espirituais jamais vista: os Significados Bhaktivedanta. Quem possui familiaridade com eles sabe o quão milagroso é o efeito que eles causam na vida de quem os estuda. De fato, não existe diferença entre os livros de Srila Prabhupada e qualquer avatar.

Iludido pela sua grande soma de desejos sem sentido, limitado por um corpo fadado a decrepitude e sem contar com nenhuma possibilidade de obter conhecimento substancial, o homem comum precisa necessariamente de ajuda externa de alguma fonte superior para poder se livrar do seu próprio emaranhamento neste mundo material.

É justamente por isso que Krishna, a Suprema Personalidade de Deus, vem uma e outra vez a este mundo, e cada ato realizado e cada ensinamento transmitido por esses divinos avatars é totalmente absoluto e pode livrar aqueles que com Eles se associam do maior tipo de perigo.

Para expandir ilimitadamente Sua misericórdia justamente quando mais precisamos dela, nesta fria e terrível era de Kali, o Senhor Krishna desceu na forma do Avatar Supremo: Sri Nama Prabhu, os Santos Nomes, que pode surgir tão logo seja invocado.

Podendo trazer imediata purificação e salvação da ilimitada espiral de sofrimento, Nama Prabhu é a única esperança de redenção para a humanidade. Portanto, desde que Sri Chaitanya Mahaprabhu nos brindou com os Santos Nomes, todos os grandes mestres e acharyas vaishnavas têm planejado como estender o alcance da sua popularidade. Então, Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura entendeu que os livros repletos de conclusões a respeito de hari-kirtan, as glórias infindáveis do Senhor, também são Nama Prabhu e que, em sua distribuição maciça, reside o sucesso da missão de Mahaprabhu.

Seguindo a estratégia de seu mestre, Srila Prabhupada dedicou sua vida a trazer a maior e mais acessível coletânea de instruções espirituais jamais vista: os Significados Bhaktivedanta. E quem possui familiaridade com eles sabe o quão milagroso é o efeito que eles causam na vida de quem os estuda. De fato, não existe diferença entre os livros de Srila Prabhupada e qualquer avatar.

Vaikuntha Reside nos Livros de Srila Prabhupada

Em sua encarnação como Matsya, Krishna apareceu como um peixe e salvou o sábio Satyavrata de um terrível dilúvio. Ao mesmo tempo, lhe ensinou as mais elevadas verdades védicas, que se encontravam perdidas.

Igualmente, os Significados Bhaktivedanta têm criado a oportunidade de um novo começo para o mundo moderno, castigado pela forte tempestade do materialismo científico, pois têm trazido à tona os Vedas como eles são.

Na forma de Kurma, a tartaruga, o Senhor serviu de suporte para a Montanha Mandara ser usada como uma batedeira no Oceano de Leite. Esse, à medida que era batido, revelava tesouros incríveis, como o cavalo de néctar, a árvore-dos-desejos e o arco invencível. Porém, durante todo o processo, Kurma advertia Seus servos, os semideuses, que não se distraíssem com eles, pois nenhum deles era útil sem o último a emergir: o néctar da imortalidade.

Da mesma forma, os Vedas ao serem “batidos”, ou devidamente escrutinados, nos ensinam como obter êxito em todas as metas da vida humana: religiosidade, prosperidade, satisfação e cessação do sofrimento. Todavia, os Significados Bhaktivedanta trazem o único presente de que realmente necessitamos: o néctar do amor puro, que é a raiz da vida eterna.

Como Varaha, o javali, o Senhor foi aumentando de tamanho até assumir proporções inimagináveis e resgatar a Terra do fundo do Oceano.

Como os Significados Bhaktivedanta, Nama Prabhu tem se expandido por todo o globo, alcançando cada pequena cidade e vila, e assim suspendido a terra do lamaçal da ignorância.

Aparecendo como Nrisimhadeva, Krishna protegeu Seu grande devoto da ira de seu pai, o monarca dos ateístas.

Aparecendo como os livros de Srila Prabhupada, Nama Prabhu tem protegido toda a comunidade de devotos do maior tipo de perigo: os desvios filosóficos que conduzem ao ateísmo, ainda que sutil. Assim, pelos próximos dez mil anos, os Significados Bhaktivedanta manterão seguro o siddhanta, o conjunto de ensinamentos trazidos a nós por Krishna e Seus devotos puros.

Vamana, o avatar anão, enganou Bali, o rei dos demônios, que havia dominado todo o universo e delegado seus subordinados para controlar os diferentes aspectos da criação. Após trapacear Bali, Vamanadeva devolveu o domínio do mundo material para Indra, soberano dos céus, e restituiu os semideuses como administradores do cosmos.

O nosso corpo é como um microcosmo e podemos ver Indra como a inteligência e Bali como a mente. Estando apegada a matéria, a mente se cercou de associados demoníacos e destronou a inteligência do controle das ações corpóreas, mas Prabhupada habilmente pode enganá-la e devolver à inteligência sua devida autoridade.

O ponto principal dessa história, entretanto, é que Vamana não matou Bali, senão que deu a ele infinito prazer ao aceitar a posição de porteiro de Sutala, o planeta de Bali. E Prabhupada não nega as nossas necessidades mentais, psicológicas, em seus livros. Pelo contrário, ele dá a mente meios pelos quais ela possa gozar de um prazer muito superior a qualquer outro conhecido.

Parashurama é o responsável por punir a classe militar que havia se desviado do seu dever.

E Srila Prabhupada ensina em seus livros como reconhecer os erros crassos da administração moderna e os procedimentos necessários para que haja um governo consciente de Krishna, facilitando assim o progresso da sociedade inocente.

Ramachandra veio para ensinar o comportamento ideal de um rei e chefe de família. Seus associados representam o desempenho perfeito de outros papéis sociais: a esposa imaculada, o servo leal etc.

Em seus Significados Bhaktivedanta, Srila Prabhupada mostra como podemos atuar de forma adequada em relação a nossa natureza, desejos e necessidades materiais, sem perder de foco a nossa verdadeira identidade espiritual de servo incondicional de Krishna.

Balarama, o irmão mais velho de Krishna, é o mestre espiritual original e somatório do conhecimento transcendental.

E os livros de Srila Prabhupada são o resumo completo de toda a preleção da sucessão discipular: neles encontramos a doçura de Rupa Goswami, a erudição de Baladeva Vidyabhushana, a inovação de Bhaktivinoda Thakura e idoneidade contra interpretações errôneas de Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura.

Buddha apareceu para salvar aqueles que estavam sendo manipulados por sacerdotes com motivações materiais e deixou atrás de si um sistema semirreligioso marcado pela meditação, não-violência e crença no vazio.

Srila Prabhupada denuncia em seus livros o kaithava-dharma, a religiosidade material, estabelece desde o começo o summun bonum de toda prática religiosa, o reestabelecimento de nosso relacionamento perdido com Deus, e permite gradativamente experimentarmos o verdadeiro niilismo: a sensação de saudades de Krishna. Esse sentimento de separação de Deus é o vazio interior que é pleno de toda a variedade de emoções espirituais.

Por fim, Krishna vem como Kalki e encerra Kali-yuga, iniciando uma nova era de harmonia.

Não precisamos esperar por Ele, contudo, pois, através de seus livros, Srila Prabhupada já inaugurou uma era superior a Satya: Prema-yuga, onde a mais íntima e espontânea atração por Deus se encontra amplamente disponível.

O Reservatório de Toda a Doçura

Qual passatempo os avatars realizam e Krishna não? Matar demônios. Ora, quando Krishna luta contra Aghasura, Bakasura, Aristasura e outros, não é o mesmo Vrajendranandana Krishna, o tesouro negro que brinca no pátio de Maharaja Nanda, adorna o colo de mãe Yashoda e cujos lábios guardam o encanto do coração da casta Srimati Radharani. Na realidade, o inimigo dos demônios é Vasudeva Krishna, uma expansão de Govinda, que está na categoria vishnu-tattva, a mesma dos avatars.

Da mesma forma, para um leitor que ainda esteja repleto de anseios materiais, os livros de Srila Prabhupada atuam como Vishnu: eles aniquilam nossos demônios interiores.

No entanto, o que Krishna faz que está além do alcance dos diferentes Vishnus?

Srila Rupa Goswami diz que uma das quatro qualidades únicas que Krishna tem que nem os outros avatars têm é que Ele pode tocar flauta. E o que há de tão especial nisso? O fato é que as notas musicais da flauta de Krishna são o próprio krishna-prema, o próprio amor puro por Deus, em forma sonora. E, quando esse som toca em algo, pode imediatamente mudar sua natureza. Quando Krishna tocava Sua flauta nas margens do Yamuna, era comum suas águas terem a superfície imediatamente congelada. Enquanto Ele erguia Govardhana e quis tocar flauta, os vaqueirinhos pediram que Ele mudasse de ideia, porque a colina poderia derreter em cima deles!

E quando Krishna tocava Sua flauta na madrugada, as vaqueirinhas automaticamente se esqueciam de todos os deveres materiais para com esposo e filhos e corriam para os bosques para dançar com Krishna.

A flauta de Krishna é um devoto muito especial e aparece nos passatempos do Senhor Chaitanya como um instrumento de percussão: a mridanga. E Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura disse que essa distribuição de livros é a maior de todas as mridangas. Então, não existe diferença entre ler Srila Prabhupada e ouvir a flauta de Krishna. De fato, quando lemos suas instruções, nosso coração, que é muito duro, pétreo, começa gradualmente a mudar sua natureza, a derreter de amor por Deus. E quando entendemos o que Srila Prabhupada tem a nos dizer, então nosso interesse por tantas causas materiais arrefece e ansiamos por participar deste que é o maior de todos os passatempos: o resgate das almas caídas.

A qualidade única de Krishna Govinda é que Sua única preocupação é reciprocar com Seus devotos através de melífluos passatempos, e, para aqueles que já estão se livrando do fardo de maya, os livros de Srila Prabhupada assumem esse aspecto de os impulsionar à quintessência da devoção: vraja-prema, o sentimento totalmente abnegado dos habitantes de Vrindavana.

Toda a realidade espiritual já se encontra nos livros de Srila Prabhupada, e isso inclui vraja-prema. Não precisamos buscá-lo em outro lugar, nem há reservatório onde ele seja tão facilmente encontrado do que nos Significados Bhaktivedanta!

Significados Bhaktivedanta: A Redenção dos Três Mundos

De fato, não há nada superior a vraja-prema, mas, para disseminá-la ilimitadamente, Krishna aparece mais uma vez como Chaitanya. Nessa encarnação, Ele e Seus associados romperam o selo do reservatório de prema para, em seguida, distribuírem o produto de seu furto indiscriminadamente. Essa misericórdia inexplicável exibida por Gaura e Nitai é audharya-lila, a maior das aventuras: uma odisseia para salvar todo o universo de uma só vez usando a compaixão como arma.

E a insígnia maior de audharya-lila é a distribuição dos livros de Srila Prabhupada, tanto é que esse serviço devocional, que por tantas vezes foi enfatizado como o mais querido e mais importante por Prabhupada, acabou se tornando sinônimo de sankirtana, a glorificação completa de Krishna e vida e alma de bhakti-yoga. A divulgação desses livros é o próprio bhakti-ratnakara, a joia da coroa do serviço aos pés de lótus de Krishna.

Pela distribuição de livros, Nama Prabhu passou pela Cortina de Ferro, se infiltrou pelas exuberantes paragens africanas e chegou até solos chineses. E todos aqueles que têm dado suas vidas para ajudar nessa distribuição estão tendo os mesmos benefícios dos soldados macacos que lutaram com Rama, dos Yadus que auxiliaram Krishna e dos bengalis que dançaram com Chaitanya.

E uma vez que os livros de Srila Prabhupada são totalmente espirituais, tudo relacionado a eles também é. Logo, mesmo aqueles que não podem sair a campo e ajudar a distribuí-los, podem colaborar de muitas outras formas, e todas são absolutas. Sem contar que qualquer serviço pode ser realizado com o espírito de apoiar e dar continuidade à distribuição dos livros e será da mesma natureza.

Prabhupada, através de seus livros, realizou um feito sem precedentes: permitir que todos possam participar de krishna-lila, apesar de estarem totalmente contaminados por aspirações materiais e egoístas.

Como sabemos, o Brihan-Naradiya Purana declara que harver nama, harer nama, harer namiva kevalam/ kalau nasty eva, nasty eva, nasty eva gatir anyatha, isto é, que, em meio ao caos destes tempos difíceis, não há possibilidade de salvação além do cantar das dezesseis sílabas do maha-mantra Hare Krishna. E certamente não existe nenhum meio de ajudar a população sofredora senão levando até ela as palavras de Srila Prabhupada e daqueles que o seguem puramente.

Os livros de Srila Prabhupada desceram diretamente do mundo espiritual, têm acabado com o niilismo e com o impersonalismo e dado aos devotos um prazer que se renova a todo momento. E por estudá-los e distribuí-los, podemos estar lado a lado com Krishna e Seu devoto puro.

.

Todo o conteúdo das publicações de Volta ao Supremo é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores, tanto o conteúdo textual como de imagens.

.

Se gostou deste material, também gostará destes: Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês, Sankirtana: Nós e o Público,Quando Sally Recebeu o Swami, Srila Prabhupada, Um Narada Muni Moderno, A Missão de Distribuir Livros.

.

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:

12 (artigo - pregação) Significados Bhaktivedanta2 12 (artigo - pregação) Significados Bhaktivedanta312 (artigo - pregação) Significados Bhaktivedanta4

 

2 Respostas

  1. Wando Azevedo

    Belíssimo e maravilhoso este texto do Prabhu Nrisimhananda. Minha mente e meu coração ficaram reconfortados em saber que estamos contribuindo com a missão de Srila Prabhupada. Desejando servir sempre, Vrindavana Dasa (Ibiá-MG). Hare Krishna!!!

    17 de junho de 2014 às 7:13 PM

  2. Pingback: Artigos e Palestras | Volta ao Supremo | Página oficial

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s