Um Líder Servo no Mundo da Política

um líder servo no mundo da políticaRadhika Vallabha Dasa

A história de vida de um rei védico pode fornecer informações valiosas sobre a ciência de governar uma nação.

A política é a última coisa sobre a qual as pessoas santas geralmente querem discutir. Intrigas, manipulações, subornos, abusos, trapaças – todo político se vê forçado a algum nível de envolvimento com essas coisas, gostando ou não. Entendendo os efeitos prejudiciais da imersão em tais assuntos, um buscador espiritual se distancia de tais discussões e práticas.

O Nascimento de Prithu

Mas no Srimad-Bhagavatam lemos sobre o famoso personagem do Mahabharata de nome Vidura, que estava ansioso por ouvir sobre um rei e um político conhecido por suas qualidades de liderança divina. Aproximando-se de seu mestre espiritual Maitreya Rishi, Vidura pediu a ele que falasse sobre as excepcionais qualidades e atividades do grande rei Prithu, que também era uma encarnação poderosa da Suprema Personalidade de Deus. Vidura disse: “Que pessoa inteligente não gostaria de ouvir sobre as atividades deste rei?” Srila Prabhupada explica que Vidura está dando um exemplo para reis comuns e chefes executivos, mostrando que esses indivíduos devem estar ansiosos por ouvir sobre Prithu Maharaja e seguir seus passos.

Muito feliz por ouvir essa pergunta, Maitreya começa sua narração. Com base nessa discussão, vamos estudar algumas das qualidades desse grande rei e alma que foi dotada da potência de governança do Senhor.

Maharaja Prithu, o Rei Ideal

Prithu Maharaja nasceu do rei demoníaco Vena, conhecido por seu cruel domínio tirânico. Fartos disso, os líderes espirituais mataram Vena cantando mantras e depois agitaram seu corpo para dar à luz Prithu.

Prithu nasce do cadáver do rei Vena.pngPrithu nasce do cadáver do rei Vena.

A partir disso, aprendemos que até mesmo uma situação desfavorável pode ser transformada em uma situação auspiciosa. Bhakti, ou serviço devocional a Krishna, é a arte de transformar maldições em bênçãos. É preciso aprender a transformar uma situação de desgraça inauspiciosa em uma situação gloriosa e auspiciosa.

Quando Prithu foi coroado rei, os recitadores profissionais, chamados de sutas e magadhas, começaram a cantar suas gloriosas qualidades e atividades. Contudo, Prithu os parou, dizendo que ele ainda estava para mostrar essas qualidades em sua vida.

Prithu, já entronado, recebe presentes.pngPrithu, já entronado, recebe presentes.

Os políticos modernos estão ansiosos para informar seu povo sobre suas maravilhosas qualidades e as grandes realizações que eles trarão. E seus seguidores tolos acumulam chuvas de elogios sobre tais líderes, mesmo que seu líder seja um criminoso, para não falar em possuir e exibir qualidades virtuosas. Esses líderes devem entender que seus seguidores baratos estão, na verdade, insultando-os quando os glorificam. E os seguidores devem aprender a selecionar cuidadosamente seu líder com base em qualidades e atividades genuínas.

Cuidando das Necessidades Espirituais e Materiais

Assim que o rei Prithu assumiu o poder, ele começou a agir de acordo com suas responsabilidades. Quando ele descobriu que a Terra não estava produzindo grãos suficientes para alimentar a população, ele decidiu ensiná-la uma boa lição. Ele pegou o arco e flecha e estava pronto para matá-la. Tomando a forma de uma vaca, a mãe Terra começou a correr por todo o universo, mas Prithu continuou perseguindo-a. Somente quando ela implorou perdão e prometeu agir adequadamente, Prithu poupou sua vida.

prithu persegue a mãe terra, na forma de uma vaca, por não estar produzindo devidamentePrithu persegue a mãe Terra, na forma de uma vaca, por não estar produzindo devidamente.

Antes de qualquer eleição importante, é comum na Índia que os partidos políticos gastem milhões de rúpias em nome de melhorar a vida dos pobres. Assim que um partido chega ao poder, no entanto, esquece convenientemente todas as grandes promessas feitas antes das eleições e continua ocupado em desfrutar das instalações do governo até o final de seu mandato. Além disso, os líderes modernos não têm em sua pauta fornecer cuidado espiritual para as massas. Mesmo que pareçam trabalhar pelo bem-estar das pessoas, todos os esforços acabam fracassando por falta de visão espiritual. Tais líderes são aconselhados a conhecer as lições de Maharaja Prithu, que cuidou das necessidades físicas de seus cidadãos, mas também deu instruções espirituais para seu avanço espiritual. Os esforços para melhorar as necessidades físicas sem trabalhar nas necessidades espirituais estão na plataforma sentimental, enquanto os esforços para melhorar as necessidades espirituais sem atender às necessidades físicas expõem a dureza e a atitude impessoal em relação às pessoas. Prithu Maharaja primeiro cuidou das necessidades físicas das pessoas, e assim elas desenvolveram a receptividade para ouvir suas valiosas instruções espirituais.

Compreendendo o Sucesso Real

O rei Prithu iniciou a execução de cem sacrifícios asvamedha, o que resultaria em grande prosperidade e bem-estar para o mundo. Depois de realizar com sucesso noventa e nove sacrifícios, Prithu estava ansioso por terminar o centésimo. Porém, algo inesperado aconteceu quando ele estava realizando este último sacrifício: Indra, o rei do céu, sob o disfarce de um renunciante, roubou o cavalo que era uma parte importante do sacrifício. O filho de Prithu rapidamente correu atrás de Indra e trouxe o cavalo de volta. Prithu retomou seu sacrifício, mas Indra novamente apareceu para “estragar o show”, e o filho de Prithu trouxe o cavalo de volta. Isso aconteceu várias vezes, e toda vez Indra tomava várias formas de homens santos. Isso acabou se tornando a origem de tantas sociedades e organizações pseudorreligiosas que propagam teorias enganosas em nome da religião e da espiritualidade.

Vendo o mal de Indra, o rei e os sábios estavam prestes a matar Indra para que pudessem realizar o sacrifício pacificamente. Naquele momento, o Senhor Brahma apareceu em cena e aconselhou Prithu a desistir da ideia de matar Indra. Como Prithu já estava ciente da essência de todos os princípios religiosos, Brahma o instruiu que não havia necessidade de ele realizar o centésimo sacrifício. Se o fizesse, Indra introduziria muitos outros princípios irreligiosos que causariam maior destruição na sociedade.

Prithu e os Quatro Kumaras

A maioria de nós tem uma tendência a se deixar levar pelo desejo de nome e fama enquanto faz algo. Atraídos pelo dinheiro rápido, as estrelas do esporte estão frequentemente envolvidas na manipulação de resultados, enquanto os políticos muitas vezes dão prioridade aos seus interesses pessoais em detrimento dos interesses do país. Prithu Maharaja era humilde e ouvia as opiniões de outros sobre seu desempenho, em razão do que percebeu as consequências perigosas de suas ações. Ele conseguiu apreciar o conselho do Senhor Brahma e poderia trabalhar nele.

Ao sacrificar seu recorde pessoal de cem sacrifícios asvamedha pelo bem do mundo, Prithu foi capaz de agradar o Senhor Vishnu, concordando em cooperar com seus superiores. Sacrifício real significa sacrifício do falso ego ou desejo de prestígio pessoal. Seus noventa e nove sacrifícios envolveram sacrifício de coisas materiais; o sacrifício do falso ego foi a conclusão perfeita de todo o projeto. Como resultado desse ato, Prithu Maharaja atraiu as bênçãos do Senhor Brahma e do Senhor Vishnu e tornou-se mais famoso que Indra, que é famoso como Shata-kratuh, “aquele que fez cem sacrifícios asvamedha”. As bênçãos e desejos do Senhor e Seus devotos superam a fama e a glória que vêm egoisticamente perseguindo ambições pessoais. Noventa e nove é menos de cem por cálculos comuns, mas noventa e nove podem ser muito maiores do que cem se recebermos a misericórdia e as bênçãos do Senhor.

Uma Lição de Liderança

Neste episódio, embora Indra tenha sido o culpado por causa de seu mau comportamento, o Senhor Brahma não o repreendeu. Em vez disso, ele advertiu Prithu por persistir em seus esforços para realizar o centésimo sacrifício. A razão é que Indra era conhecido por sua natureza teimosa; toda vez que ele se sente ameaçado por um grande rei ou um yogi, ele assume algum mau comportamento infantil para impedir seu progresso. Mas Prithu Maharaja, sendo um devoto maduro, deveria se comportar de maneira mais responsável. O Senhor Brahma confiava nele mais do que em Indra e, portanto, aconselhou-o a ficar satisfeito com o número 99. Como Indra estava desempenhando um papel importante na administração universal, matá-lo nesse sacrifício seria um grande erro.

O Senhor Brahma demonstrou assim uma qualidade muito importante de um grande líder: como trazer o que há de melhor em cada uma das pessoas. Um líder não deve rejeitar seu subordinado quando este comete erros, mas deve ajustar a situação de tal forma que todos possam engajar suas habilidades adequadamente para o bem da missão. Líderes sem visão tendem a rejeitar pessoas com comportamento ou habilidades não convencionais – eunucos (ou impotentes) e gays, por exemplo. Eles precisam entender como cada indivíduo é precioso e pode contribuir para o desenvolvimento da sociedade. Os seguidores também têm uma responsabilidade ao escolher seu líder: eles não devem escolher uma pessoa com base em seu valor de entretenimento. Bons artistas, sejam estrelas de cinema ou críquete, são bons em entreter as pessoas, mas se você os eleger para liderar uma nação, eles zombarão da governança.

Os cidadãos de Prithu Maharaja ficaram muito felizes ao ver o caráter exemplar de renúncia e obediência do rei. Seguidores de um líder podem segui-lo após ver suas habilidades pessoais e carisma, mas tais seguidores não são verdadeiros seguidores. Como muitas vezes vemos na Índia, após cada partida de críquete que a Índia vence, os fãs de críquete adoram seus heróis quase como Deus. Mas quando a mesma equipe indiana perde um jogo, os seguidores tratam suas estrelas divinas como animais sem valor. Os líderes, portanto, devem se tornar um campeão de caráter, e isso atrairá os corações e a rendição de todos os seguidores.

Obediente, Caridoso e Desapegado

Todos estão ansiosos para dar conselhos; receber conselhos e correções parece ser muito doloroso. Líderes espiritualmente cegos são os que menos se importam com o desenvolvimento espiritual de seus subordinados, e consideram os conselhos espirituais impraticáveis e até prejudiciais aos seus nefastos esquemas administrativos. Uma vez, durante o governo de Prithu Maharaja, as quatro crianças sábias conhecidas como Kumaras entraram em sua assembleia. Imediatamente depois de vê-los, Prithu de bom grado os acolheu e perguntou sobre assuntos espirituais e como governar o reino da melhor maneira possível. Sua avidez por receber conselhos dos sábios era maior do que sua vontade de aconselhar seus cidadãos. Esta é outra importante qualidade de um líder: ele sempre se considera subordinado ao povo santo e está ansioso para prestar serviço a eles. Tal pessoa está em condições de liderar o mundo inteiro de volta ao Supremo.

o rei prithu ouve humildemente os quatro kumaras.O rei Prithu ouve humildemente os quatro Kumaras.

Sentindo-se extremamente grato pela orientação que os quatro Kumaras lhe ofereceram, Prithu Maharaja ofereceu todo o seu reino e tesouro a eles, dizendo que eles eram os verdadeiros donos da Terra, e ele era apenas seu servo usando tudo para o bem-estar do estado.

Dinheiro sujo depositado em bancos suíços, caixa dois e tantas outras formas de corrupção envolvendo dinheiro público se perpetram pelo mundo todo. Imagine quanto desenvolvimento esse dinheiro roubado dos cofres públicos poderia trazer se fosse usado corretamente. A ganância é um mal terrível que pode estragar o caráter de um líder. Cuidadosamente se protegendo contra ele, um rei ou um líder deve se envolver em caridade profusa e empregar sua riqueza para o bem-estar de seus cidadãos.

Finalmente, Prithu Maharaja também demonstrou sua qualidade de desapego. O Srimad-Bhagavatam (4.23.1-3) diz: “No último estágio de sua vida, quando Maharaja Prithu se viu envelhecer, aquela grande alma, que era o rei do mundo, dividiu toda opulência que acumulara entre todas as entidades vivas, móveis e imóveis. Ele arranjou pensões para todos de acordo com princípios religiosos, e depois de executar as ordens da Suprema Personalidade de Deus, em total coordenação com Ele, dedicou seus filhos à Terra, que era considerada sua filha. Então, Maharaja Prithu deixou a presença de seus cidadãos, que estavam quase se lamentando e chorando por se despedir do rei, e foi para a floresta sozinho com sua esposa para realizar austeridades.”

Os políticos modernos têm muito a aprender com Prithu. Sem esperar que as pessoas se revoltem contra ele, um rei ou um líder deve se aposentar da política ativa no momento certo e entregar as responsabilidades aos seus sucessores.
Maitreya Rishi concluiu sua discussão dizendo que todos, incluindo as almas liberadas, devem ouvir, cantar e induzir os outros a ouvir sobre as atividades de Prithu Maharaja. Simplesmente ouvindo as atividades de Prithu Maharaja, alguém alcançará toda a prosperidade material neste mundo e, finalmente, voltará de volta ao Supremo.

Em resumo, um verdadeiro líder age como um humilde servo – servo de Deus e de todas as entidades vivas. Liderança é realmente uma oportunidade maravilhosa para servir. Verdadeiros líderes, como o rei Prithu, não estão ansiosos por se tornarem líderes, mas seu serviço abnegado automaticamente os coloca em uma posição de liderança. Não devemos nos apegar à posição de líder. Devemos nos apegar ao serviço que podemos prestar como líder.

Tradução de Ekanistha Radha Devi Dasi.

Leia também: Manifesto por uma Política de Solução Radical | As Mulheres na Cultura Védica 

Adquira e receba em casa:

3d narada bhakti sutra 3d mahabaratas 3d sr caitanya bhagavata