Medicina Aiurvédica para Mãe & Filho

Medicina Aiurvédica para Mãe & Filho 01

Padmanabha Dasa

A medicina aiurvédica tem um ramo de pediatria (kaumara-bhritya) que lida com cuidados pré e pós-natais destinados ao bebê, bem como os cuidados para com a mãe antes da concepção e durante a gravidez. Também explica como os pais devem fazer para ter filhos de sexo, inteligência e constituição desejados e ensina aos pais como manter a saúde e prevenir doenças.

O que É Saúde?

A saúde da criança significa tanto bem-estar físico quanto equilíbrio mental. O corpo e a mente estão interrelacionados. Quando a mente fica perturbada com temores ou ansiedades fantasiosas, falta de confiança ou incapacidade de lidar com certas situações, podem advir doenças crônicas. Por sua vez, as doenças crônicas podem afetar a mente. Portanto, tentativas de resolver problemas físicos crônicos, sem levar em consideração o aspecto mental, frequentemente resultam apenas em soluções temporárias.

Um ponto importante para o adequado desenvolvimento mental da criança é que seus pais saibam manifestar a correta afeição. Não devemos nos confundir e compreender mal que a renúncia ao gozo dos sentidos significa não demonstrar afeição. Isso só cria dificuldades para as pessoas que pensam assim, bem como para suas famílias, quando, ao tentarem alcançar altos níveis de renúncia, artificialmente reprimem a natural energia emocional da alma espiritual.

A Consciência dos Pais Influencia a Criança

O Caraka-samhita, um texto aiurvédico padrão, explica como a consciência desenvolvida pelos pais no momento da concepção afeta o filho. Segundo ele, a consciência da criança sofre a mesma influência de quatro fatores: 1) Karma que a criança desenvolveu em vidas passadas; 2) desejos que ela ainda retém de sua vida anterior; 3) consciência dos pais no momento da concepção; 4) vibrações sonoras que a criança ouve durante os nove meses de gravidez.

Aos pais compete perceber com sobriedade que seu filho será, em muitos aspectos, uma manifestação de sua consciência, especialmente no momento da concepção. Um casal deve preparar-se para receber um novo membro na família, esforçando-se por agradar a Deus (Krishna). Então, mesmo antes de aparecer, a criança será amada.

Portanto, de acordo com a cultura védica, a responsabilidade dos pais para com o filho começa antes mesmo da concepção. Os pais cumprem estes deveres, executando várias atividades chamadas samskaras.

Dentro da ISKCON, há práticas devocionais regulares chamadas sadhana-bhakti, que elevam a consciência, mas há também deveres específicos para tornar a concepção um ato de sacrifício, um yajña, um ato agradável a Krishna. Por exemplo, Srila Prabhupada falou para seus seguidores casados cantarem pelo menos cinquenta voltas de japa com o mantra Hare Krsna, Hare Krsna, Krsna Krsna Hare Hare/ Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare antes de tentarem conceber um filho.

Escolhendo o Sexo do Bebê

Os casais que preferirem uma criança do sexo masculino ou feminino podem seguir certos princípios aiurvédicos. Em um significado do Srimad-Bhagavatam (6.1.54), Srila Prabhupada cita o Rg Veda para explicar que, se as secreções do homem são mais intensas que as da mulher, a criança será do sexo masculino, e, se as da mulher predominarem, será do sexo feminino. Para incrementar as secreções masculinas, o homem pode ingerir alimentos doces, gordurosos, ácidos e salgados e, portanto, aumentar kapha em seu corpo. Se a mulher ingerir alimentos amargos, condimentados ou picantes, seus líquidos sexuais reduzirão. Isto também pode ser obtido através de jejum. Existem os dias mais apropriados à concepção de uma criança do sexo masculino ou feminino. Certos dias das fases da Lua são proibidos para concepção, pois os corpos do casal estão enfraquecidos.

Medicina Aiurvédica para Mãe e Filho 02

Observe cuidadosamente as diferenças nas duas listas no Apêndice C, ao fim deste artigo. A primeira lista passa a vigorar no início da menstruação e, por isso, é diferente para cada casal. A segunda lista começa com a Lua cheia ou a Lua nova, purnima ou amavasya, e portanto é universal.

Para o ato da concepção, a mulher deve deitar-se de costas, pois outras posições podem perturbar os três doshas. Considera-se que a concepção depois do pôr-do-sol está no modo da bondade.

Durante a Gravidez

As vibrações sonoras referem-se aos sons que a mãe ouve quando está acordada. Durante a gravidez, ela deve passar a ouvir e cantar mais mantras e especialmente ler mais em voz alta. Vibrações sonoras transcendentais beneficiarão muito a criança. O Caraka-samhita sugere que a mãe faça uma viagem mental para um lugar onde residam pessoas cujas qualidades ela deseja que seu filho tenha. Deve também adotar a refeição e as vestimentas dessas pessoas.

Srila Prabhupada nos deu a cultura de Vaikuntha, através da qual, usando saris e dhotis, comendo krishna-prasada (alimentos oferecidos a Krishna) e ouvindo krsna-katha (tópicos relacionados a Krishna ou falados por Krishna, como no Bhagavad-gita), criamos a atmosfera propícia para o nascimento de uma alma avançada. O casal também pode meditar na forma e atividades de uma grande personalidade espiritual e, desse modo, ajudar a criança no ventre a obter uma vida auspiciosa. Recomendamos a leitura da biografia de A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, de nome Srila Prabhupada Lilamrta, ou sua versão condensada, Um Santo no Século XX.

A mulher grávida deve evitar coisas que estão associadas com o dosha vata e os modos inferiores da paixão e da ignorância. Também não deve mentir ou falar mal de outras pessoas, pois são ações que se refletem na criança. Ter relações sexuais durante a gravidez torna a criança do sexo masculino dependente em excesso de uma mulher. E a alimentação deve seguir uma dieta branda, mas nutritiva.

Para evitar assédio de fantasmas, a mulher não deve se expor a gritos e pancadas nem fazer viagens em que ocorram solavancos, olhar para poços escuros ou dormir ao ar livre. Uma forma de proteção muito eficaz contra fantasmas é a recitação regular do capítulo 3 da obra Bhagavad-gita. O principal devoto do Senhor Krsna, o grandioso Shiva, conta na obra Gita-mahatmya, de Srila Vyasadeva, a história de um homem cujo um parente em uma forma de fantasma o acompanhava. Quando o homem encarnado recitou o capítulo 3 da referida obra para o parente, este foi buscado por um aeroplano de Vaikuntha e levado com grande alegria para o mundo espiritual. Outras formas de proteção contra entidades sutis maléficas é a recitação da oração a Nrsimhadeva que começa com “namas te narasimhaya”, bem como do mantra Hare Krsna, que inclui o benefício de todos os mantras, uma vez que Krsna é a origem de todos os avataras e de tudo o que existe.

Na gestação, o maior perigo à saúde física poderá advir do aumento do dosha vata, que consiste nas combinações de elementos do ar e éter. Portanto, especialmente logo antes do nascimento, deve-se evitar que o corpo fique muito rijo ou ressequido, pois, para o bebê e para a mãe, o parto será mais difícil. Quaisquer sinais de ressecamento devem ser imediatamente tratados. Alguns sintomas óbvios são pele seca ou lábios secos. Prisão de ventre também é um sintoma de ressecamento interno. O ressecamento pode ser combatido por uma alimentação que aumente kapha, isto é, com muitos líquidos, comidas gordurosas, sal suficiente e comidas ácidas.

Durante a gravidez, a produção de hormônios no corpo da mulher muda, afetando tanto o corpo quanto a consciência. O pai deve ser tolerante. A mulher grávida deve ser tratada da mesma maneira como se carrega um pote de óleo: cuidadosamente. Para manter a mente pacífica, ela deve ter todos os seus desejos satisfeitos. Isto, todavia, não significa nove meses de férias, porque as atividades da mãe afetam a criança. Se a mãe vive deitada e dormindo, a criança será preguiçosa. Será melhor para a criança que a mãe mantenha seu padrão de atividades habituais. É preciso usar o bom senso para decidir a quantidade de descanso necessário, especialmente no final da gravidez. Deve-se observar que, em geral, as emoções de uma mulher grávida tornam-se mais fortes. Às vezes, sem razão aparente, elas derramam lágrimas ou choram incontrolavelmente. Isto não deve ser reprimido, pois o corpo elimina toxinas através deste processo.

O Apêndice B mostra as preparações que a mãe deve tomar a cada mês de gravidez. Esta lista não é exclusiva, senão que são preparações que merecem destaque num mês específico. Leite e derivados são especialmente proveitosos. O leite aumenta o poder dos outros alimentos da lista, purifica o sangue e aumenta a inteligência e a memória. É um rasayana, ou alimento que mantém a força e flexibilidade juvenil. Se a mulher grávida tem dificuldade de digerir o leite, pode-se nele acrescentar condimentos tais como gengibre, canela ou cardamomo, temperos que também reduzem o muco.

É importante refletir que as recomendações aiurvédicas veem de um tempo em que o leite era puro, de modo que cabe à mulher conseguir leite puro e de vacas cuidadas com amor, como o leite das fazendas dos devotos de Krishna.

O Nascimento

Imediatamente após o nascimento, há perigo de distúrbio de vata no corpo da mãe. Massagear sua barriga com uma mistura de ghi (manteiga clarificada) e pimenta em pó ajuda a combater o aumento de vata. Quando ela tiver algum apetite, a primeira coisa que deve tomar é este ghi com um pouquinho de gengibre. Isto também controlará vata. Depois, ela pode seguir sua dieta.

Medicina Aiurvédica para Mãe & Filho 04

Foto: Dhanvantari, a manifestação do Supremo Senhor Visnu
que inaugurou a ciência médica.

Se a produção de leite não for normal, ela pode comer alimento temperado, caso contrário deve evitá-lo. Os temperos devem fazer o fogo digestivo aumentar, mas, depois da digestão, devem produzir um efeito refrescante no corpo. São recomendados erva-doce, cominho e coentro, que podem inclusive ser usados como remédio se houver problemas de pita.

Para a criança, são necessárias cinco coisas: duas pedras, ghi, óleo de gergelim, água e uma colher de chá de prata ou de ouro. Estas coisas são para reanimar rapidamente a criança, pois o impacto do nascimento a enfraquece. Massageia-se o pescoço e a parte posterior da cabeça com óleo de gergelim, e borrifa-se água no seu rosto. Caranamrita é melhor.

Se a temperatura ambiente estiver quente, use água fresca. Se estiver fria, use água morna. A maioria dos hospitais são quentes. Se as pedras são percutidas uma contra a outra perto do ouvido do bebê, também lhe darão força.

Com a colher de chá, coloca-se ghi na língua do bebê, como seu primeiro alimento. Assim como outros produtos lácteos, ele dá força física e aumenta a inteligência e a memória. Estas propriedades podem ser intensificadas cantando-se mantras no ghi.

Um dever do pai antes do nascimento é realizar acamana, colocando seu dedo médio no ghi e cantando os setecentos versos do Bhagavad-gita. Então, o ghi terá um poder superior, imensurável. Hoje em dia, muitos hospitais são liberais e permitem que o pai esteja presente durante o nascimento da criança. Dentro de poucos minutos após o nascimento e a limpeza do bebê, o pai pode realizar esta simples atividade.

Crescendo Sem Traumas

No corpo, existem diferentes centros de energia chamadas cakras, os quais governam as diferentes experiências na vida. Estes centros de energia devem estar devidamente equilibrados já no começo da vida da criança.

Medicina Aiurvédica para Mãe & Filho 04

Foto: Sete cakras, centros de energia do corpo.

O sentimento de segurança está relacionado ao adequado fluxo de energia através do primeiro cakra, na região dos genitais. Este cakra pode ser apropriadamente estimulado pelo contato entre a criança e seus pais. Até mesmo antes de cortar o cordão umbilical, a criança deve ser colocada sobre a mãe. Um imediato contato físico entre a criança e o pai também é importante. Se logo em seu nascimento experimenta afeição, a criança se sentirá protegida e será mais capaz de lidar com as dificuldades da vida quando estiver mais velha.

Também está relacionada ao primeiro cakra a sobrevivência e, por conseguinte, o alimento. Nas últimas décadas, as companhias que manufaturam leite em pó tentaram desencorajar o aleitamento materno. Hoje em dia, porém, reconhece-se que o leite em pó não é bom para a criança.

A experiência sensual relaciona-se ao segundo cakra. Contato íntimo e manifestações de afeição entre pais e filho desde o nascimento ajudarão a criança a lidar com sua própria energia sensual mais tarde. Ela não adquirirá a impressão de que intimidade e afeição são emoções negativas que devem artificialmente ser suprimidas, nem irá mais tarde em sua vida depositar muita importância na atividade sensual.

Outras coisas também são importantes para o adequado desenvolvimento dos sentimentos da criança. Ela deve ter uma grande variedade de brinquedos, mas não ligados à violência, nem pontudos ou potencialmente nocivos.

A criança não deve ser ameaçada, nem assustada com histórias de fantasmas, nem sofrer agressão física. O princípio védico é que, durante cinco anos, poupa-se a criança. Depois, durante dez, é disciplinada com uma varinha. Após a idade de quinze anos, a relação de autoridade deve ceder à amizade.

Os primeiros cinco anos de vida da criança são os mais importantes. Durante este curto espaço de tempo, os pais e a criança estabelecem um relacionamento de amor e confiança. Se ela precisa de algo, apenas eles podem dar-lhe isto. O princípio é que, durante estes cinco primeiros anos, se estabeleça um relacionamento na plataforma do amor.

Não se pune a criança nos primórdios de sua vida, porque sua inteligência não tem suficiente desenvolvimento para compreender isto adequadamente. Pode-se instruir a criança, mas nunca puni-la. Quando a criança amadurece, a punição surte efeito, porque a criança percebe: “Eis alguém que me ama, mas está me corrigindo”. A criança reage positivamente à punição se ela notar que os pais têm interesse amoroso.

Se um relacionamento amoroso não está estabelecido e a criança é punida, ela pensa que os seus guardiões estão descarregando nela sua própria ira e não aceita a lição.

Na idade de quinze anos, quando a inteligência está desenvolvida e a pessoa deve ter se tornado autodisciplinada, não existe mais necessidade de punição. A essa altura, tentativas de continuar o treinamento para mudar as características da personalidade não surtirão mais efeito. É quando se deve tornar amigo do filho. Assim, a individualidade da pessoa pode desenvolver-se perfeitamente, e, no momento adequado, ela recebe a oportunidade de assumir responsabilidade pela sua própria vida.

Até mesmo astrologicamente, a idade de quatorze a quinze anos é um período crítico, relacionado ao movimento de Saturno. Nesta época, intelectualmente a pessoa vê a figura da autoridade como um desafio. Portanto, se não houver uma base profunda de relacionamento, a autoridade é rejeitada.

Este fenômeno também está relacionado aos anos iniciais da criança, especialmente entre as idades de dois e três anos. Está ligado ao desenvolvimento do terceiro cakra – força de vontade.

O desenvolvimento apropriado do terceiro cakra da criança será cerceado se ela não receber liberdade nestes anos iniciais, se pensar que não tem direito de dizer “não” ou de fazer suas próprias escolhas. Posteriormente na sua vida, ela poderá tornar-se covarde ou desejar controlar tudo. Estes problemas psicológicos, em correspondência com um cakra específico, influenciam certas partes do corpo. Problemas no segundo cakra relacionam-se com os órgãos digestivos inferiores ou órgãos reprodutores, e perturbações no terceiro cakra manifestam problemas no fígado, rins e estômago.

Uma atmosfera familiar estável, em que se demonstra afeição, pode, às vezes, ser evitada entre algumas famílias que pensam que afeição e gozo dos sentidos é materialismo. No entanto, a vida de Srila Prabhupada e a maneira como ele tratava as crianças apresentam um quadro diferente.

Medicina Aiurvédica para Mãe & Filho 05

A ideia de Gour Mohan (seu pai), era de que Srila Prabhupada pudesse ter o que ele precisasse. E nós vimos como mais tarde Srila Prabhupada deu ao mundo tudo o que o mundo precisava.

A Saúde do Bebê

Sobre a saúde do novo bebê, há um princípio importante que se deve manter em mente. Qualquer pânico é justificado. Os sintomas numa criança são sempre de maior importância do que num adulto. Qualquer sintoma numa criança pode indicar problemas que tendem a complicar-se.

As doenças infantis em geral são causadas por um desequilíbrio dos doshas kapha ou vata. Aqueles com desequilíbrio de kapha terão resfriados constantes. As substâncias químicas reprimem os sintomas de resfriados, mas não os curam. Elas acabam produzindo resfriados mais intensos dos quais facilmente podem advir infecções secundárias. Existem bactérias que vivem no muco. Um desequilíbrio de kapha e um consequente aumento de muco no corpo estimulam o crescimento bacteriano e causam infecções.

Uma criança engole muco porque ela não sabe assoar. Portanto, o excesso de kapha e de muco em seu corpo é mais difícil de controlar do que num adulto.

O que se pode fazer é ajustar a dieta. O leite, se não for tomado apropriadamente, aumenta o muco. Sua tendência de aumentar kapha é agravada se for consumido gelado.

O leite deve ser fervido e então misturado com ar, despejando-o de um copo para outro. Embora leite frio naturalmente aumente kapha, aquecê-lo aumenta pita. Despejá-lo de um copo para outro várias vezes, mistura-o com o ar e aumenta vata, tornando-o, então, mais leve e mais fácil de digerir e reduz sua tendência de produzir muco no corpo. O leite materno, no entanto, é um equilíbrio perfeito para os três doshas.

Para diminuir kapha no corpo e controlar resfriados, mel pode substituir açúcar na dieta. Se o muco se acumula por falta de calor no corpo, temperos brandos, tais como erva-doce ou camomila, também podem ser adicionados à dieta. Igualmente, deve-se usar mel se o muco é fino e incolor.

O desequilíbrio do dosha vata no bebê manifesta-se pelo aumento de gás nos intestinos ou estômago. Causa angústia no bebê quando o gás provoca pinçamento nos músculos e nervos. O distúrbio de vata caracteriza-se por duas coisas: frieza e sequidão.

Para aliviar o problema, deve-se frequentemente massagear a criança com óleo, o que é bom para todos os bebês, mas em especial para aqueles sujeitos a desequilíbrio de vata. O óleo massageado na pele é absorvido pelo corpo, como se ingerido. E é, então, distribuído aos ossos e nervos do corpo, o que propicia um sono mais profundo e pacífico.

O desequilíbrio de vata frequentemente produz prisão de ventre. Caso ocorra, recomenda-se fazer um “molho” com ghi e sementes de methi, para ser usado como unguento ao se massagear a barriga da criança. A mãe que amamenta pode comer a preparação para mudar a consistência do seu leite e ajudar a criança.

Também pode haver desequilíbrio no terceiro dosha, pita, porém é mais raro. A criança que tem muito dosha pita no corpo é propensa a erupções cutâneas, pequenos pontos vermelhos na pele ou sensações de ardência, que podem ser visíveis especialmente no rosto, como uma acentuada vermelhidão. A mãe que amamenta esse bebê deve renunciar todos os temperos, alimentos ácidos e diminuir o sal na sua dieta. O bebê pode ser ainda muito beneficiado com uma massagem com óleo de sândalo e uma dieta que inclua alimentos normalmente de digestão mais difícil, como bananas ou nozes. Nunca se deve dar alimentos ácidos ou picantes ao bebê.

Recomendações

Uma recomendação para casais que não conseguem ter filhos é que a mulher adore Tulasi. Então, no final do puja (adoração), ela pode colocar uma folha de Tulasi, previamente oferecida a Krishna, dentro de um pequeno pedaço de banana. Esta cápsula de banana pode ser engolida sem mastigar. Pela misericórdia de Tulasidevi, pode ocorrer uma concepção.

Espera-se que os pais apliquem algumas das sugestões deste artigo, que mais tarde ajudarão seus filhos a avançarem em consciência de Krishna. Acima de tudo, Prabhupada nos lembra: “O Ayurveda recomenda auṣadhi cintayet viṣṇum: ‘Mesmo enquanto se trata com a medicina, é preciso lembrar-se de Visnu [Deus]’, pois a medicina não é tudo, senão que o Senhor Visnu é o verdadeiro protetor”.

Padmanabha Dasa, doutor em um grande número de especialidades médicas e em astrologia, é discípulo de Srila Prabhupada e reside em Nava Nrsimha-ksetra, na Alemanha. Este artigo é adaptado do boletim do Ministério da Saúde da ISKCON, número 1, dezembro de 1994.

Este artigo não se destina a tratar, diagnosticar ou prescrever. As informações aqui contidas de modo algum devem ser consideradas um substituto para a consulta com um profissional médico devidamente licenciado conforme a constituição de seu país.

– – –

Apêndice A – O que Evitar Durante a Gravidez

Remédios – efeito prejudicial à criança.

Vitaminas – a criança crescerá muito, e aumentará a chance de cesariana.

Muito sono ou inatividade – a criança será lenta e preguiçosa.

Inibição de impulsos naturais – não apenas urinar e defecar, mas também espirrar, bocejar, etc. Tais repressões causam doenças de vata.

Exercícios difíceis.

Comer muito.

Muitos doces – a criança terá rins fracos.

Muito sal – o cabelo da criança se tornará grisalho mais cedo.

Muito ácido – a criança sangrará facilmente.

Muito picante – a criança será fraca.

Muito amargo – a criança será magra e pálida.

Muitas ervas (adstringente) – a criança terá prisão de ventre.

Assentos desconfortáveis.

Olhar para poços profundos.

Carros que dão solavancos.

Sons desagradáveis.

Dormir ao ar livre – poderá ser atacada por fantasmas, e a criança será insana.

Dormir apenas de costas – o cordão umbilical pode se enrolar.

Insultos ou agressão física – a criança se torna epiléptica.

Intercurso sexual – a criança se torna desavergonhada e subjugada ao sexo oposto.

Desgosto – a criança será medrosa.

Pensar mal dos outros – a criança será antissocial e invejosa.

Roubar – a criança será preguiçosa e maliciosa.

Ira – a criança será selvagem, enganadora e ciumenta.

Álcool – a criança será de mente instável e sempre terá sede.

– – –

Apêndice B – Melhores Alimentos para Cada Mês

– Apenas leite e não fervido. Leite fervido com ervas aromáticas. Neste mês, a cabeça do feto se desenvolve.

– Leite fervido com ervas aromáticas (madhura-rasa; confrei, por exemplo). Neste mês, as mãos e pés do feto se desenvolvem.

– Leite com mel e ghi (ghi e mel em QUANTIDADES DIFERENTES – em igual quantidade são venenosos). Neste mês, as unhas, o cabelo e os órgãos genitais do feto estão formados.

– Leite com manteiga. Neste mês o sangue, a carne, os ossos, a medula, a pele e o sêmen são formados.

– Ghi. A criança começa a se movimentar.

– Ghi com ervas aromáticas (chá forte com as ervas, fervido lentamente com ghi, até toda a água evaporar).

– Igual ao 6. Evitar os que perturbam vata. Por exemplo, comida seca, salada, espinafre, batatas, comidas amargas, tensão, sobrecarga, viagem de longa distância. Não permitir que se desenvolva prisão de ventre. Se necessário, usar um enema com óleo para evitar que o corpo fique ressecado.

– Mingau (leite e cereais, mas NADA DE MEL!)

– O mesmo que o 8. Usar também enemas de óleo. Não apenas para evitar prisão de ventre, mas também para ficar internamente úmida e manter o canal do parto macio e flexível. Uma mecha de algodão embebido em óleo também pode ser mantida na vagina, para o mesmo propósito.

– – –

Apêndice C – Notas Adicionais

Para evitar “enjoos matinais”, tomar prasada de manhã. Para evitar “enjoos noturnos”, tomar prasadam à noite.

Do começo do período menstrual, recomendam-se os seguintes dias para a concepção: 5, 6, 7, 8, 9, 10, 12, 14, 15. Dias ímpares tendem para crianças do sexo feminino e dias pares para crianças do sexo masculino. De acordo com a astrologia védica, a Lua deve também estar num signo masculino para que se obtenha uma criança do sexo masculino e em num signo feminino para o contrário.

De acordo com o calendário lunar, os seguintes dias não são permitidos para a concepção: purnima (Lua cheia), amavasya (Lua nova), astami (oitavo dia), ekadasi (décimo primeiro dia), caturdasi (décimo quarto dia). Nestes dias, os corpos estão naturalmente fracos e irão desfavoravelmente afetar a criança.

Uma resposta

  1. Silvia Regina Silva

    Maravilhosas instruções!
    Gostaria de ter mais informações, por gentileza.
    Muito obrigada

    3 de abril de 2016 às 10:35 AM

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s