Uma Oferta Especial

^9B94E4AA809EC1440C0CF775194ACBD81E440BC0CDB02FE46F^pimgpsh_fullsize_distr

Hridayananda Dasa Goswami

Qualquer um de nós que esteja experimentando uma situação particularmente desafiadora deveria saber que nos foi dada uma oportunidade maior de progredir do que a outras pessoas.

Há um verso famoso no Srimad-Bhagavatam (10.14.8), citado no debate entre o Senhor Chaitanya e Sarvabhauma Bhattacharya:

tat te ‘nukampam su-samiksamano
bhunjana evatma-krtam vipakam
hrd-vag-vapurbhir vidadhan namas te
jiveta yo mukti-pade sa daya-bhak

À medida que a pessoa experiencia (bhunjana) as reações de suas próprias atividades, criadas por ela mesma (atma-krtam), se puder ver claramente (su-samiksamanah) que isso é a misericórdia de Krishna e continuar a oferecer reverências (namas te), a se prostrar perante Deus com coração (hrd), fala (vak) e corpo (vapurbhir), se fizer tudo isso, diz o Srimad-Bhagavatam: “Você se tornou apto e tem direito legítimo à libertação (mukti-pade sa daya-bhak)”.

Iks significa “vendo, olhando para algo”; sam, “completamente”, e su, “muito” – su-samiksamanah é uma palavra muito enfática. O termo para misericórdia (anukampa) também é relevante: kampa significa “tremer, sacudir”, e anu, “com”. Anukampa significa que, enquanto a pessoa sofre e até treme de ansiedade, Krishna sente e fica deveras comovido por sua condição. Muito embora a pessoa tenha criado essa situação mediante suas próprias atividades, Krishna arranjou e entregou a reação de tal maneira que, em última instância, é para o seu bem. A maneira como semelhante pessoa vive (jiveta yo) é que ela vê tudo como a misericórdia de Deus – é um modo de vida. A pessoa vive assim e continua a se prostrar perante Deus com coração, fala e corpo, e declara ao mundo: “Isso é a misericórdia de Krishna para comigo”.

Quando o Senhor Chaitanya citou esse verso, Sarvabhauma Bhattacharya disse: “Deveríamos mudar a palavra mukti-pade para bhakti-pade”, que significa “aquele que consegue viver dessa maneira tem direito legítimo a bhakti”. Contudo, o Senhor Caitanya recusou-Se a trocar a palavra utilizada: “Não, deixemos o Srimad-Bhagavatam como ele é. Quero que o mundo saiba que é libertação o que as pessoas hão de obter”. Embora não aspirem à libertação, o Srimad-Bhagavatam diz que elas irão obtê-la. A palavra específica usada é daya-bhak – daya significa “herança”, e bhak, “destinatário”. Ou seja, por lei, essa é sua herança legítima; pelo desejo de Deus, a libertação é sua.

Uma oferta especial foi feita àqueles que estão se submetendo a sérios desafios. O que quer que possam ou não possam fazer, por meio do único ato de apenas abandonar todo ressentimento, raiva, amargura, depressão, abdicar tudo isso e dizer: “Esse é o amor de Krishna para comigo”, é garantido que serão libertos. Krishna nos faz uma oferta especial. Eis a nossa oportunidade!

 

Tradução de Dhananjaya Dasa. Todo o conteúdo das publicações de Volta ao Supremo é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores, tanto o conteúdo textual como de imagens.

 

Se gostou deste material, também gostará destes: Karma e Consumo de Carne na Literatura Védica, Uma Segunda Chance, A Morte do Filho de Srivasa e a Ciência da Transmigração da Alma, Dívidas, Alma, Deus, Eternidade e Reencarnação: Srila Prabhupada Conversa sobre Orígenes de Alexandria, Para Onde Vamos quando Morremos?.

 

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:

-10 (artigo - Karma e Reencarnação) Uma Oferta Especial (450) (bg) (ta) (sankirtana)6 -10 (artigo - Karma e Reencarnação) Uma Oferta Especial (450) (bg) (ta) (sankirtana)5 -10 (artigo - Karma e Reencarnação) Uma Oferta Especial (450) (bg) (ta) (sankirtana)2 -10 (artigo - Karma e Reencarnação) Uma Oferta Especial (450) (bg) (ta) (sankirtana)1-10 (artigo - Karma e Reencarnação) Uma Oferta Especial (450) (bg) (ta) (sankirtana)4

2 Respostas

  1. dhruva sandhy dasa david arias.

    Muy iluminador nos abre las puetas al coraZon de caitanya mahaprabhu.

    27 de novembro de 2015 às 1:49 PM

  2. Pingback: Artigos e Palestras | Volta ao Supremo | Página oficial

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s