Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)1
Tarini Radha Devi Dasi

A visão de Srila Prabhupada se torna realidade na maior e mais desenvolvida cidade do sul da Índia.

11 de novembro de 2013 – “O Taj Mahal da ECR”, exclamou um cavalheiro alemão ao ver o esplendor do templo da ISKCON Chennai, mesmo que o magnífico santuário branco ainda estivesse recebendo os toques finais, parcialmente escondido atrás do sistema de andaimes. ECR, o nome popular para a estrada East Coast Road, é um percurso do agrado de todo residente de Chennai, especialmente nos finais de semana. A ECR conecta Chennai à cidadezinha antiga de Mahabalipuram, e as praias, resorts e restaurantes ao longo da ECR são os favoritos das famílias mais abastadas.

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)2

Caminhando alguns metros para fora da ECR para a Terra Hare Krishna, na estrada Bhaktivedanta Swami, você dá consigo face a face com o estonteante templo. Sua arquitetura combina o estilo Pallava de Kanchipuram e Mahabalipuram (os domos) com o estilo Kalinga, ou Odisha (os pináculos). A arquitetura do templo segue os princípios do Sthapatya Veda. Com cerca de quinze metros de altura, a edificação conta com um salão para refeição no subterrâneo, um auditório no térreo, uma sacada no mezanino e, no topo, o templo.

A História

Discípulos de Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada são ativos em Chennai desde 1971. Srila Prabhupada disse que a cidade era “um bom campo” para semear as sementes da consciência de Krishna. Com efeito, em um programa conduzido por Srila Prabhupada e seus discípulos no ano de 1972 em uma grande tenda, muitos homens proeminentes da cidade, incluindo o juiz do Supremo Tribunal, participaram ativamente. Um centro foi formalmente estabelecido em 1975.

Notando a resposta positiva das pessoas à consciência de Krishna, Srila Prabhupada escreveu em uma carta a seus discípulos: “Em Madras [Chennai], temos que construir um templo muito deslumbrante. Encontrem imediatamente terras e comecem a construção. Não importa quais serão os custos. Não estamos preocupados com os custos, senão que queremos um templo muito atrativo. O dinheiro deve vir dos cavalheiros de Madras”.

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)3

Por muitos anos, os líderes da ISKCON Chennai trabalharam muito duro, com essa visão de Srila Prabhupada firme na mente. O templo mudou de Adyar para Kilpauk em 1982, e então para T. Nagar em 1988. Em 1992, Sua Santidade Bhanu Swami assumiu a presidência do templo e começou uma dedicada busca por terras apropriadas. Quase toda semana, ele percorria de carro os cinquenta e cinco minutos entre a ECR e o templo de então, buscando solitariamente por ali a morada permanente da ISKCON Chennai. Embora os devotos não pudessem entender seu interesse pela ECR, ele mantinha-se firme em sua crença de que a mesma logo se tornaria algo especial. Naquele tempo, os devotos estavam encorajados pelo conhecimento de outros centros da ISKCON, como aqueles de Bombaim, Bhubaneshwar, Vrindavana e Mayapur, que também haviam começado em áreas remotas que, por fim, tornaram-se zonas de grande concentração de interesse e pessoas em suas respectivas cidades. Finalmente, em 2002, seis acres de terra foram comprados. O local parecia perfeito – a poucos quilômetros do cintilante canal Buckingham e a poucos quilômetros também da Baía de Bengala. Também fica a poucos minutos do VGP Golden Beach, o primeiro parque temático do Chennai e um destino popular nas férias e em feriados.

Trabalhando duro para conseguir doações em uma cidade dominada por Shaivites (a maioria das pessoas no Chennai é devota do Senhor Shiva e crê no impersonalismo), a dúzia de devotos sob os cuidados de Bhanu Swami e, a partir de 2004, do presidente de templo Sumitra Krishna Dasa esforçou-se estavelmente para construírem o templo, realizando grandes festivais e, ao mesmo tempo, expandindo a congregação. E assistiram com deleite enquanto a ECR se tornava uma rota paradisíaca para a praia. A estrada antes estreita agora tinha 12 metros de comprimento, e a antiga estrada paralela de nome Mahabalipuram Road foi transformada na imponente Rajiv Gandhi Salai de seis pistas e serviços, onde numerosas corporações importantes têm suas instalações.

O Festival de Abertura

Outdoors, pôsteres, anúncios televisivos, artigos em jornais impressos e propagandas em caminhões e ônibus convidaram o povo de Chennai a se juntar aos eventos inaugurais no ano passado, precisamente no dia 26 de abril de 2012. Graças à publicidade, cerca de 35.000 pessoas compareceram apenas nesse dia. Muitos canais televisivos cobriram o evento. A Sankara TV fez uma transmissão ao vivo de três horas ininterruptas. Várias meios de comunicação entrevistaram Bhanu Swami e muitos outros devotos.

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)4

Às 8 horas da manhã, o utsava, ou “festival”, as Deidades foram do antigo para o novo templo em uma grande procissão. Diante das Deidades, musicistas tocavam o nadasvaram (um instrumento regional similar ao shenai), devotos cantando os nomes do Senhor em nama-sankirtana e sacerdotes recitando mantras védicos. Às 9 da manhã, as Deidades de utsava e as novas Deidades foram cerimoniosamente apresentadas em vestes simples. As Deidades são Radha-Krishna, com Lalita e Vishakha; Nitai-Gauranga (Chaitanya Mahaprabhu e Nityananda Prabhu); Jagannatha, Baladeva e Subhadra; e Lakshmi-Nrisimha. O abhisheka, ou banho de consagração, começou logo, acompanhado de um kirtana dos santos nomes que se alongou por quase quatro horas.

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)5

Quando o abhisheka foi concluído e as portas do altar se fecharam para que as Deidades fossem vestidas, os devotos subiram para o topo do templo para a instalação do chakra Sudarshana (a arma disco do Senhor Vishnu, que fica no topo de todos os Seus templos) e o abhisheka dos kalashas (literalmente “cântaros” ou “potes”) nos pináculos do templo. Enquanto os devotos derramavam água sagrada sobre os kalashas, um zunido baixo se fez ouvir, e logo pétalas de rosas, jasmins e cravos foram derramadas de um helicóptero, de propriedade da Indra Air.

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)6

O silêncio se fez presente quando o búzio foi tocado anunciando o primeiro darshana (audiência) das Deidades em Seus altares de madeira teca. Todos no templo, bem como no auditório, nos três salões de refeição e nas demais áreas onde telões transmitiam ao vivo os evento, ficaram de pé, com seus olhos fixos nas portas do altar. Quando as portas começaram a se abrir, os devotos estiraram-se no chão a fim de oferecerem reverências, expressando gratidão às Suas Onipotências. As Deidades sorriam com benevolência em Suas vestes brilhantes de cores vermelha e amarela e com joias de pedras brancas e vermelhas. A atriz de Bollywood Hema Malini, que viera de Bombaim para Chennai, sua terra natal, exclusivamente para o evento, juntou-se a outros doadores para a oferenda do primeiro arati.

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)7

Chennai Cheio de Charme

Todo o restante do dia foi muito movimentado. Pessoas chegavam ininterruptamente e ficavam em filas para poderem ver as Deidades ainda que brevemente. Os comentários dos visitantes transpareciam sua apreciação: “Finalmente um magnífico templo de Krishna na cidade”. “Um ótimo lugar para trazer parentes e amigos”. “Estupendo!”. “Maravilhoso!”. “Sereno”. “Limpo e pacífico”. “Consigo sentir a presença do Senhor”. “Um dia inesquecível. Nunca pensei que me encontraria tão rápido com Deus”.

Quando o Sol recolheu seu poderoso brilho, os efeitos especiais de luz do templo, projetados por um especialista internacional em iluminação artística, Babu Shankar, natural de Chennai, iluminaram o interior do templo, transformando-o em um gigantesco arco-íris. De ambos os lados da sala do templo, cujas paredes de ônix amarelo eram iluminadas de baixo para cima, cada pilar foi tomado de cores. Brilhando no centro do piso estava o sahasrara-chakra de ônix. Acima, refletindo todas as luzes, estava o candelabro de sete andares e quinhentas peças de cristais dos Himalaias.

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)8

A construção se deu ao longo de dez anos, e algumas pessoas ávidas por ver o templo concluído disseram que foi demorada a construção. Contudo, considerando a iluminação, o sistema de som e a ventilação dentro do templo, um membro da congregação, Ramachandradev, comentou que, embora demorado, contava com tudo da melhor qualidade.

Outro devoto, que trabalhou de perto no projeto, disse: “Isto é realmente incrível. Não posso acreditar que eu tive alguma ligação com a construção deste templo. Como crianças brincando, tudo o que fizemos foi juntar alguns tijolos e areia. Todavia, o que se manifestou aqui é a morada de Deus. O Senhor trouxe Vaikuntha!”.

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)9

Os devotos da ISKCON Chennai continuam maravilhados diante do repentino aparecimento do mundo espiritual. Antes, apenas algumas centenas de visitantes compareciam aos domingos, mas agora milhares de devotos apertam-se no templo diariamente, e, em feriados e finais de semana, a sala do templo fica constantemente cheia. As pessoas têm que aguardar em filas pelo sadari, no qual o indivíduo aceita simbolicamente os pés de lótus do Senhor sobre sua cabeça. O estacionamento, embora em uma área total de cinco acres, é insuficiente, e veículos frequentemente tomam também as ruas adjacentes. Vans cheias de pessoas de vilas e cidades vizinhas também vêm regularmente. Podemos agora apreciar verdade nas palavras de Srila Prabhupada quando disse, falando a seus discípulos em Mayapur: “A menos que tenhamos um templo assim, ninguém compareceria”.

O presidente do templo da ISKCON Chennai aponta: “O templo está aqui como um magnífico resultado da cooperação entre os residentes do templo e a congregação. As pessoas estão completamente embasbacadas e tomadas de admiração. O Senhor Supremo cativou-as com Sua beleza”.

.

Se gostou deste material, também gostará destes: Paraíso dos Pândavas: Um Refúgio na Chapada dos Veadeiros para Corpo, Mente e Alma, Um Templo para Krishna nas Montanhas de Paraty.

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:

11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)10 11 I (notícia - Templos) Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso (1500)11

Anúncios

Uma resposta

  1. Pingback: Vrajabhumi: 25 Anos de Beleza e Devoção | Volta ao Supremo | Página oficial

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s