Crianças de Vaikuntha

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2901)Pérolas de A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada

Com vinte e oito pérolas de Srila Prabhupada cuidadosamente escolhidas em meio às suas cartas para discípulos e discípulas, fazemos um belo colar de instruções práticas para a educação infanto-juvenil em consciência de Krishna.

“Fico muito feliz em saber que você tem uma criança em seu ventre, e, por favor, aceite todas as minhas bênçãos para o recém-chegado que teremos a grande alegria de receber daqui a poucos meses. Por favor, cuide de sua saúde para que a criança possa crescer muito saudável e se tornar consciente de Krishna. Prahlada Maharaja estava no ventre de sua mãe, ouviu as instruções de Narada Muni e, posteriormente, tornou-se o mais famoso devoto do Senhor Krishna. É dever de todos os pais tornarem todos os seus filhos conscientes de Krishna a fim de que os afortunados filhos nascidos de pais conscientes de Krishna não tenham mais que renascer neste mundo material”. (Junho de 1967)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2902)

Satya Maharani, esposa de Júnior Leão, recebendo tatuagem mehandi quando ainda grávida de Haarini.

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2903)

Satya Maharani já com sua filha nos braços em sua cantina vegetariana Veda, em Guarulhos, SP.

“A ideia básica da criação de filhos, como descrita na literatura védica, é que, do nascimento até os cinco anos, os pais podem ser muito brandos com a criança. Dos seis aos dez anos, devem aplicar mais disciplina sobre o seu filho. Então, dos dez aos dezesseis anos, os pais devem ser tão estritos quanto um tigre, de modo que o filho tenha completo medo de desobedecer. Por fim, depois dos dezesseis anos, os pais devem tratar seu filho como um amigo, e o filho é autorizado a desenvolver gradualmente sua responsabilidade adulta e sua independência”. (Julho de 1969)

“Não é possível que exista alguma regra rígida e severa de que apenas crianças crescidas, já com sete ou oito anos, possam ser admitidas [nos encontros] e nenhuma outra criança. Isso não é possível e não sancionarei tal regra, senão que darei boas-vindas a qualquer bebê desde o comecinho a fim de que a vibração transcendental possa entrar em seu ouvido e, desde o comecinho, ele se purifique. Contudo, é claro que as crianças não têm autorização para perturbar o encontro chorando, sendo responsabilidade das mães as manterem confortáveis e sem perturbar o encontro”. (Agosto de 1968)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2904)

Neel Madhav, um dos “mascotinhos” do templo de Belo Horizonte, acompanhando a programação do templo com sua mãe, Kamalakshi Rupini.

“Nossa política da consciência de Krishna é excelente. Estamos oferecendo às pessoas boa vida familiar, com esposas fieis em consciência de Krishna. Similarmente, oferecemos esposos qualificados em consciência de Krishna de modo que a geração mais nova possa ser feliz por ter um bom lar… Assim, este movimento é o melhor de todos os movimentos”. (Dezembro de 1968)

“Estou muito contente em saber que Chandramukhi está recebendo a consciência de Krishna desde o começo de sua vida. Essa é a vantagem do avanço que fez em consciência de Krishna em sua vida passada. Por favor, cuidem de seus filhos e os tornem perfeitamente conscientes de Krishna. Trata-se de um excelente serviço. Se, através de seu esforço, uma ou duas almas que estão sob sua proteção alcancem a libertação nesta vida, isso é um grande serviço transcendental ao Senhor”. (Setembro de 1969)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2905)

O casal Mahajana e Jagad-vichitra ladeados pelos filhos Yagni e Sri Jahnavi. Trajando branco, o noivo de Sri Jahnavi, Rama Kumara Dasa.

“Agradeço-lhe muito por sua carta datada de 23 de julho de 1969 e pelas fotografias de sua filhinha. Essas fotos são ótimas e fiquei muito alegre vendo quão jubilosa é a Subhadra. Você disse que ela já tem demonstrado grande entusiasmo em relação a grupos de sankirtana, então a treine muito bem. Se uma criança piedosa como ela for apropriadamente treinada, como você e Murari estão fazendo, certamente ela exercerá um importante papel em nossa sociedade e em ajudar a aprimorar a condição do mundo pela propagação da consciência de Krishna. Não é incomum que uma criancinha esteja sempre jubilante, mas, na situação material, essa felicidade passa muito rapidamente. Contudo, na consciência de Krishna, porque a alma espiritual é por natureza muito jubilosa e bem-aventurada, esse júbilo apenas cresce mais e mais conforme a bem-aventurança de servir Krishna cresce mais e mais. Então, agora sua filha tem uma ótima oportunidade de aplicar uma solução derradeira para o problema dos nascimentos neste mundo material. Portanto, mantenha-a muito bem. Krishna será bondoso com você por isso”. (Julho de 1969)

“Sempre penso em você, em como você é uma moça muito bela e consciente de Krishna. Agora, então, Krishna lhe deu uma ótima filha para cuidar. Aqui, a filha de Malan, que se chama Sarasvati, está nos dando grande prazer com suas atividades conscientes de Krishna. Ela é tão amável que, tão logo há som de canto em kirtana, ela começa a dançar e a bater palmas. Até mesmo a audiência fica atônita e imita as atividades dela. É fantástico. Acredito que sua filha possa já estar andando agora, em virtude do que ela também pode ser treinada para dançar e bater palmas” (Novembro de 1969)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2906)

Radharani, esposa de Tulasi Bhakti, com sua filha Hladini no festival de Ratha-yatra de Belo Horizonte.

“Fico muito contente em saber que você tem experiência, talento e desejo de escrever livros para crianças conscientes de Krishna. Você pode escrever muitos livros para crianças e inserir imagens, então certamente serão um sucesso. Os livros devem ser escritos em linguagem simples. Antes de tudo, tente explicar o que é Deus, então qual é a relação de Deus com o mundo e as entidades vivas. Em seguida, explique qual é o nosso dever nessa relação com Deus. Deste modo, escreva os assuntos muito claramente. O que alguém aprende na infância não se perde ao longo da vida”. (Julho de 1970)

“Os filhos aprendem por meio da imitação dos pais. Portanto, se vocês dois estabelecerem um exemplo consciente de Krishna, a criança avançará de maneira muito natural e fácil na consciência de Krishna por seguir vocês”. (Julho de 1970)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2907)

Yogi, filho de Kunti e Daruka, tocando karatalas em Campina Grande, PB, diante do altar de Maha Gaura-Nitai.

“Você tem uma inclinação natural para ser professora de crianças pequenas, e acho que você deve utilizar esse talento para instruir as crianças de Hamburg na consciência de Krishna. Crianças são especialmente inclinadas a apreciar os passatempos de Krishna; portanto, comece lendo para elas o livro Krishna”.

“Em relação ao seu garotinho, não se lamente por ele ser um pouco travesso. Isso é absolutamente natural para um garotinho – não é de modo algum uma situação incomum. Ore a Krishna que ele possa se tornar um grande pregador e tente treiná-lo para isso sendo uma mãe consciente de Krishna”. (Março de 1975)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2909)

Phalguni Devi Dasi, esposa de Gokulananda, com o primeiro filho, Naveen Krishna, de Franco da Rocha, SP.

“Estou muito perturbado em tomar conhecimento das atividades de [nome removido] e aconselho que você, enquanto ele esteja dedicado a tais atividades sem sentido, não deve ficar na companhia dele. O melhor é que você permaneça na companhia dos devotos e participe da adoração no templo lá, e não sozinha. A adoração a Radha e Krishna não é algo barato. Isso não pode ser feito caprichosamente, senão que tem que ser executada muito meticulosamente sob regulação estrita. Não é que se pode usar LSD e se permitir todo tipo de atividades pecaminosas e então adorar a Deidade… Você tem a grande responsabilidade de dar às suas filhas uma atmosfera consciente de Krishna para que se desenvolvam e se tornem ótimas devotas. Se você também adotar essas atividades e negligenciar os princípios da consciência de Krishna, isso é uma grande desgraça. Sua primeira consideração tem que ser certificar-se de que seus filhos se tornem conscientes de Krishna, e, se o seu esposo não aceitará essa responsabilidade, o que pode ser feito? Você apenas tem que se ater aos princípios e orar a Krishna pedindo-Lhe que ajude você”. (Abril de 1973)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2910)

Prana-natha Dasa, esposo de Paritoshani Chitra, de Franco da Rocha, SP, curtindo uma praia com a filha Nadia Thakurani.

“[Crianças pequenas] ainda não estão cobertas pelo falso prestígio e adotará rapidamente tapasya [austeridade] como se fosse um jogo divertido! Considere, por exemplo, os brahmacharis na Índia. O guru diz ‘faça isso’, ‘faça aquilo’, e eles imediatamente vão mendigar o dia inteiro sob o Sol quente e voltam como um pouco de arroz e então dormem no chão sem qualquer forro. E eles estão se divertindo – é-lhes um prazer trabalhar muito duro. É importante, portanto, treinar as criançar para suportarem todo tipo de dureza e restrições no estágio da infância. Posteriormente, ninguém renunciará o que aceitou como o padrão de desfrute para aceitar um padrão de desfrute inferior”. (Novembro de 1971)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2911)

Hari Gopala, filho de Bhagavan e Prema-vardhana, de Juiz de Fora, MG, quando com menos de duas semanas de vida.

“Jamais se deve bater nas crianças… Se uma criança for treinada apropriadamente na consciência de Krishna, ela jamais irá embora. Isso significa que ela tem que ter duas coisas: amor e educação. Se batermos nas crianças, será difícil que aceitem no espírito do amor e, quando estejam grandes o bastante para isso, talvez queiram ir embora – esse é o perigo”. (Novembro de 1972)

“Um filho é uma rara dádiva de Krishna, mas, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade, pois todos os pais têm a responsabilidade de se certificarem de que seu filho cresça em consciência de Krishna. Sei que você compreende isso e fará de Krishna o centro de seu lar”. (Agosto de 1967)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2912)

Abhay sorridente junto de sua mãe, Madhava Prasada, esposa de Mukunda, da capital mineira.

“É assim que treinamos nossos filhos em consciência de Krishna: simplesmente os mantemos sempre frequentando nosso programa regular, associando-se com os devotos de Krishna, ensinando-os em vivência espiritual dando-lhes a ideia de que sacrifício e tapasya para alcançar a meta mais elevada da vida é um estilo de vida muito bom. Não que daremos a eles muitos jogos. Esses métodos ditos científicos são artificiais, desnecessários, e, como um todo, não tenho muita confiança nesse sistema Montessori ou em qualquer outro de tais sistemas de ensino”. (Fevereiro de 1972)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2913)

Lua Clara, com o irmão Ravi, ainda no hospital com apenas um dia de vida. Família de Vitória, ES.

“Mantenha Narottama Dasa muito bem. Ele é um garoto muito bom. Ele algumas vezes se atrai por maya, mas isso não é muito incomum. Então, tente bondosamente proteger esse garoto tanto quanto possível, e, quando você vier me ver em Nova Iorque, ele também pode vir para que eu o reveja”. (Março de 1969)

“A partir de sua carta, posso entender que você está ansioso por se tornar chefe de família, e isso é muito bom. Precisamos de muitíssimos chefes de família para estabelecer o exemplo a outros de como, em consciência de Krishna, podemos viver de maneira pacífica e sã mesmo na vida marital. Além disso, precisamos de muitíssimas crianças conscientes de Krishna para mostrarmos quão bem e belamente uma criança pode se desenvolver quando está seguindo os princípios da consciência de Deus”. (Dezembro de 1968)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2914)

Tukarama e a esposa, Krishna Mohini, com os quatro filhos. Do mais novo para as mais velhas: Krishna-sukha Dasa, Hari Bhakti Devi Dasi, Madana Mohini Devi Dasi e Govinda Priya Devi Dasi.

“Krishna abençoou você com uma ótima filha, Ananga Dasi, e estou muito feliz em saber que ela tem afeição pelo Senhor Jagannatha. Isso é maravilhoso. E, na verdade, não há mal em ela brincar com Jagannatha, mas como se impedirá que a Deidade seja mal manuseada ou deixada em um lugar sujo ou mesmo atirada aos caprichos de uma criança? Você não conseguirá impedi-la de fazer tais coisas sempre. Portanto, para uma criança tão pequena, a Deidade do Senhor Jagannatha não deve ser dada. Deixemos que ela cresça um pouco mais de modo que ela possa seguir algumas instruções em relação a isso, então você pode dar para ela”. (Setembro de 1971)

“Devem correr e brincar enquanto são crianças pequenas, e não serem forçadas a cantar japa – esse não é o caminho”. (Novembro de 1972)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2915)

Giridhari, esposo de Charana Renu, em um momento de lazer com seu filho Bryn Govardhana no yoga-resort Paraíso dos Pandavas. Foto de Kishori Mani Dasi.

“Elas devem comparecer aos aratis regulares e dançar diante das Deidades… Devem todas ir para cama às 9 horas da noite e levantar às 4 horas da manhã para o mangala-arati”. (Junho de 1972)

“Qual é o treinamento? Devem ser ocupados de tal maneira que, de uma maneira ou outra, lembrem-se de Krishna a todo momento – isso é tudo. Não se trata de um processo mecânico. Se forçarmos as crianças, elas dirão: ‘não’. Somos pessoas, e Krishna é uma pessoa, e nosso relacionamento com Krishna Ele deixa aberto sempre como um acordo voluntário – ‘Sim, Krishna, cooperarei alegremento com o que quer que Você diga’. Essa pronta disposição a obedecer somente é possível se há amor. Forçar não fará com que concordemos. Porém, se há amor: ‘Ah, farei alegremente’. Isso é bhakti, isso é a consciência de Krishna. Então, similarmente, se treinarmos as crianças desenvolvendo e encorajando sua propensão a amar Krishna, seremos bem-sucedidos em educá-las para o padrão mais elevado”. (Novembro de 1972)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2916)

Rupali, filha de Bhagavan e Tulasi Manjari, de Porto Alegre, RS, no colo de Bhakti-dhira Damodara Swami.

“Sim, a prova de seu método de ensino será vista no aprimoramento espiritual e entusiasmo viçoso exibidos pelas crianças. Se receberem permissão para adorar a Deidade praticando a feitura de arati muito seriamente, mais estarem serem ocupadas em várias atividades diferentes centradas em Krishna, então a educação delas será um completo sucesso. As crianças devem sempre ser instruídas tirando proveito de sua propensão a brincar, ensinando-as a brincarem de jogos de Krishna, como se tornarem vaqueirinhos, vacas, pavões, demônios [que Krishna matou] etc. Deste modo, se estiverem sempre pensando em Krishna por brincarem como se estivesse de fato na companhia de Krishna, elas se tornarão conscientes de Krishna muito rapidamente. Além disso, deve haver um pouco de ABC, então prasada, então adoração à Deidade, então mais jogos de Krishna, um pouco de kirtana, um pouco mais de ABC, deste modo. Assim, sempre mantenha a mente e o corpo deles ocupados em diferentes atividades, pois as crianças são inquietas por natureza e quererão variar com frequência”. (Junho de 1972)

“No que diz respeito às crianças, elas devem saber simplesmente quatro coisas: 1) Pensar apenas em Krishna sempre, 2) tornarem-se devotas de krishna, 3) oferecer adoração a Krishna, 4) oferecer reverências a Krishna. Essas quatro coisas devem ser ensinadas, e tudo mais seguirá bem, e elas serão pessoas doutas”. (Junho de 1972)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2917)

Nrisimha Devi, esposa de Gunesvara e mãe de três filhos, todos ativos na consciência de Krishna, com sua primeira neta, Narayani, em Nova Gokula, interior de São Paulo.

“Se [as crianças] não estão saudáveis, como poderão prossegiur com sua educação? Se estão mal alimentadas, isso não será bom para suas atividades futuras”. (Outubro de 1971)

“Sim, fazer um livro de colorir consciente de Krishna para as crianças é uma ótima ideia para servir e para difundir a consciência de Krishna entre as crianças”. (Maio de 1968)

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2918)

Gopala Hari, filho do casal Jaya Sri e Dattatreya, de Salvador, BA, se deliciando com um nutritivo e saboroso alimento primeiramente oferecido a Krishna.

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2919)

Gopala Hari agora concentrado em colorir o desenho de Krishna.

“Você me pergunta se as crianças podem ser levadas a médicos comuns. Por que não? É claro que não confiamos que o que esses médicos estão fazendo seja sempre certo, mas o que se pode fazer?”. (Novembro de 1971)

“Estou deveras surpreso que você queira entregar seu filho para outras pessoas, mesmo sendo devotos. Para você, adorar o filho é melhor do que adorar a Deidade. Se você não pode passar tempo com ele, então descontinue seus deveres de pujari. Você tem que cuidar bem de seu filho pelo menos até seus quatro anos e, se depois desse tempo, você for incapaz de prosseguir cuidando dele, então me encarregarei dele. Essas crianças nos são dadas por Krishna, elas são vaishnavas, e temos que ser muito cautelosos no cuidado a elas. Elas não são crianças comuns, mas crianças de Vaikuntha [o mundo espiritual], e somos muito afortunados em ter a chance de propiciar que avancem mais em consciência de Krishna. Trata-se de uma grande responsabilidade, então não a negligencie ou se confunda. O seu dever é muito claro”. (Julho de 1972)

.

Fotos utilizadas com a autorização de seus proprietários.

.

Se gostou deste material, também gostará destes: Seus Filhos e o Guru de Um Olho Só, Por que as Crianças Se Comportam Mal?, Escola Bhakti: Amar é Servir.

.

Se gostou deste material, também gostará destes produtos:

11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2920)11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2922) 11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2921)11 I (pérolas - Educaç¦o) Crianças de Vaikuntha (2923)

3 Respostas

  1. Anônimo

    Que grande sabedoria e doçura transcendental! Todas as glórias a Srila Prabhupada.

    11 de junho de 2014 às 10:48 PM

  2. bhagavati dd

    Show!!!

    7 de julho de 2014 às 7:54 PM

  3. Laurina Guerrieri

    Parabéns por incentivar os pais a ensinarem valores tão primorosos para a vida para suas crianças!
    Tenho um pequeno devoto de 7 aninhos em casa!
    NAMASTE
    __/\__

    25 de abril de 2016 às 3:09 PM

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s