Dinheiro

18 I (pérolas - Finanças [Novo]) Dinheiro (1301) (bg)Pérolas de A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada

Sem tabu, Srila Prabhupada fala sobre dinheiro na vida religiosa em diferentes cartas a seus discípulos.

“Sim, você pode deixar a banda tocar no templo se você está em grande necessidade de dinheiro para continuar as atividades aí. Quando carecemos de dinheiro para dar continuidade à obra de Krishna, podemos recorrer a quaisquer meios que estejam disponíveis, contanto que sempre seja para Krishna e jamais para gratificação sensória pessoal. Você, portanto, pode tentar obter algum dinheiro dessa maneira”. (Junho de 1968)

“Nossa sociedade precisa de milhões de dólares para o trabalho de divulgação, mas Krishna nos fez financeiramente pobres. Acho que é bom permanecermos financeiramente pobres porque sempre poderemos orar a Krishna pedindo Sua ajuda para prestar serviço a Ele. Se, muito subitamente, tornarmo-nos muito fortes financeiramente, maya pode nos mandar nos envolvermos com gozo dos sentidos e podemos ser vitimados pelas táticas dela. Portanto, permanecer pobre é uma das qualificações para se avançar em consciência de Krishna. Nossos predecessores, os Gosvamis, voluntariamente abandonaram tudo para avançar em consciência de Krishna. Não precisamos de nenhum dinheiro para nossa conta pessoal – estaremos sempre felizes com o que quer que Krishna esteja feliz em nos dar para nossa manutenção –, mas, para os fins de pregação, podemos nos organizar para receber todas as riquezas do mundo. Então, esforcemo-nos com sinceridade e Krishna nos ajudará na questão de nossa promoção da causa da consciência de Krishna”. (Junho de 1968)

“Os planos para conseguir dinheiro devem ser fáceis; não podemos divergir nossa atenção para as atividades rentáveis. Precisamos de certa quantia de dinheiro para darmos continuidade às nossas atividades, e, se conseguirmos esse dinheiro mediante doações, isso é melhor; do contrário, podemos vender nossos livros, revistas etc. Porém, se direcionarmos nossa atenção para outras formas de renda, isso é karma. E karma é muito perigoso para pessoas que querem voltar ao Supremo… De modo geral, podemos nos esforçar para conseguir dinheiro caso isso não estorve nosso serviço devocional… Preferimos passar fome e cantar Hare Krishna – esse deve ser o pivô de todas as nossas atividades”. (Junho de 1968)

“Você me perguntou: ‘Poderíamos usar alquimia para fazer ouro para o altar de Krishna?’. Porém, não consegui entender bem o que quis dizer quando falou de ‘usar alquimia’ para o altar de Krishna, mas se você puder fazer um assento de ouro para Krishna, seja mediante alquimia, seja mediante a compra de ouro, isso será um grande sucesso. Porém, não aconselho que você se valha de alquimia para criar ouro; isso não é garantido. Não devemos desperdiçar nosso tempo com o que não é muito garantido. Se você puder criar ouro, podemos muito rapidamente difundir nossa consciência de Krishna, mas acho que Krishna não nos dará essa oportunidade porque, no mesmo instante em que obtemos uma grande quantidade de ouro, nós nos esquecemos de Krishna. Essa natureza está gravada em nosso caráter”. (Junho de 1968)

“A dificuldade é que, no país de vocês, os brahmacharis não podem mendigar de porta em porta. Contudo, os rapazes que não estiverem ocupados no serviço do templo durante o dia têm que tentar obter algum dinheiro trabalhando ou de alguma outra maneira. Sem dinheiro, não é possível existir no mundo material. Embora Krishna esteja sempre por trás, ainda assim Krishna instruiu a Arjuna que tinha de lutar e, ao mesmo tempo, lembrar-se dEle. Os mesmos princípios temos que seguir. Temos que trabalhar, como todos, e, ao mesmo tempo, pensar em Krishna”. (Junho de 1968)

“Quem desperdiça grãos alimentícios é um criminoso, e quem acumula mais dinheiro do que lhe é de fato necessário também é criminoso – ambos, de acordo com a lei da natureza, ou de acordo com a lei de Deus, certamente serão punidos. Essa punição pode não ser visível nesta vida, mas, porque a vida é eterna, porque há continuidade, a pessoa deve estar preparada para aceitar tal punição nesta vida ou na próxima”. (Outubro de 1968)

“O pai e a mãe também são tão bons quanto o mestre espiritual, e temos dívidas para com o pai e a mãe de muitíssimas maneiras. Então, como são dependentes de sua renda, tente ajudá-los tanto quanto possível ao mesmo tempo em que também dedica algo para Krishna. Rupa Goswami dedicou 50% a Krishna, 25% guardou para emergências, e 25% gastou com parentes. Você também pode tentar seguir esse princípio tanto quanto possível. Seu principal afazer é manter-se em consciência de Krishna, e, se você puder manter essa visão, pode lidar com outros de acordo com a convenção social sem se apegar”. (Junho de 1969)

“Se tivermos força espiritual, não haverá escassez de dinheiro: e a força espiritual é todo e cada um de nós cantar as dezesseis voltas e seguir as regras e regulações com grande seriedade e comprometimento”. (Fevereiro de 1970)

“Se há escassez de dinheiro, isso certamente é indício de má administração”. (Janeiro de 1971)

“Se tivermos um planejamento regular para venda de livros, não haverá escassez financeira”. (Abril de 1972)

“Dívida não é algo bom. É dito que um homem feliz é aquele que vive em casa e não tem débitos”. (Outubro de 1974)

“É meu hábito me certificar de que nenhum dinheiro seja mal gasto. Todos vocês estão arrecadando verba com grande esforço, então, se tomo ciência de que algum dinheiro foi gasto desnecessariamente, sinto-me muito mal”. (Junho de 1975)

“Ajudar o programa de pregação também é pregação. Se você puder obter dinheiro para ajudar na expansão de nossas atividades de pregação, isso é pregação. Precisamos de dinheiro. Lakshmi é a assistente imediata de Narayana. Narayana é sempre precedido pela palavra Lakshmi. Os filósofos mayavadis não tocam em Lakshmi, mas nós a aceitamos para o serviço a Krishna. Não temos a mentalidade de Ravana, que tomou Lakshmi de Narayana e se arruinou. Mantenha Lakshmi e Narayana juntos e você será tão poderoso quanto Hanuman”. (Junho de 1975)

.

Se gostou deste material, também gostará destes: Um Convite ao Heroísmo Espiritual, Um Espetáculo Multicolorido dentro do Branco Esplendoroso.

.

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:
18 I (pérolas - Finanças [Novo]) Dinheiro (1303) (bg) 18 I (pérolas - Finanças [Novo]) Dinheiro (1304) (bg) 18 I (pérolas - Finanças [Novo]) Dinheiro (1305) (bg) 18 I (pérolas - Finanças [Novo]) Dinheiro (1306) (bg)18 I (pérolas - Finanças [Novo]) Dinheiro (1307) (bg) 18 I (pérolas - Finanças [Novo]) Dinheiro (1309) (bg) 18 I (pérolas - Finanças [Novo]) Dinheiro (1308) (bg)

 

Anúncios

Uma resposta

  1. Ótimo material de estudo. Mas, no momento, gostaria de ter mais um pouco de dinheiro para poder participar dos Seminários Religiosos. Obrigada.

    18 de junho de 2014 às 8:19 PM

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s