Deus: Criação do Homem para Manter a Moral na Sociedade?

dia20 (artigo - Ateísmo) I Deus, Criação do Homem para Manter a Moral na Sociedade (350) (bg) (ta)

Chaitanya-charana Dasa

Um questionamento ateísta bastante comum.

Um questionamento ateísta comum é: “O conceito de Deus não é uma criação do homem para manter a moralidade na sociedade humana?”

Poderíamos relocar esse argumento assim: “Os medicamentos profiláticos (preventivos) não foram criados pelo homem para manter a saúde na sociedade humana?” A presença de um propósito explícito e benéfico em algo em nada contribui para evidenciar a sua inexistência.

O argumento de que Deus é criado pelo homem deixa de responder às perguntas mais fundamentais: “Quem criou o homem?”, “Quem criou o mundo em torno de nós?” Se deixarmos as enormes evidências de ordem, harmonia e organização estruturada que a ciência descobriu falarem por si só, essas evidências apontam fortemente para a existência de um designer superinteligente. Com efeito, esse é o veredito a que chegaram muitos cientistas importantes após décadas de pesquisa científica. Consideremos a seguinte citação do físico Nobel Arthur Schawlow: “Quando confrontada pelas maravilhas da vida e do universo, a pessoa deve se perguntar por que as únicas respostas possíveis são religiosas. […] Eu julgo ser necessário Deus no universo e em minha própria vida”.

Nosso senso de moralidade – a percepção interior de certo e errado – é quase universal. Algumas pessoas podem ter compreensões ligeiramente diferentes do que é certo e do que é errado com base em sua formação cultural, mas todos concordam com o princípio de que existe um curso de ação correto e um curso de ação errado. Esse senso de moralidade não pode ser explicado pela visão científica reducionista, a qual opera na noção de “sobrevivência do mais apto”. A explicação mais plausível para a existência do senso moral é que o mesmo vem de nosso criador, que, a partir de dentro, está nos incitando a fazer escolhas certas, escolhas que nos conduzem à nossa felicidade e ao nosso crescimento interior.

Assim, o homem e seu senso de moralidade são criações de Deus, e não o contrário.

Se gostou deste material, também gostará destes: Apateísmo, Se Deus Criou Tudo, Quem Criou Deus?, O Ateísmo e o Advento do Homem-Leão, Religião É o Ópio do Povo?, No Dentista.

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:

dia20 (artigo - Ateísmo) I Deus, Criação do Homem para Manter a Moral na Sociedade (350) (bg) (ta) dia20 (artigo - Ateísmo) I Deus, Criação do Homem para Manter a Moral na Sociedade (351) (bg) (ta) dia20 (artigo - Ateísmo) I Deus, Criação do Homem para Manter a Moral na Sociedade (352) (bg) (ta)

Anúncios