Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês

3 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (900)

Um grande acontecimento na divulgação da cultura da Índia na China e para aprimoramento das relações sino-indianas.

Em 7 de janeiro de 2014, a Editora de Ciências Sociais da China (CSSP) da China orgulhosamente anunciou o lançamento de dois clássicos ancestrais da cultura da Índia: o Bhagavata Purana e o Bhagavad-gita Como Ele É.

Com o início do ano, a editora fez uma conferência de imprensa na Embaixada da Índia em Pequim para anunciar o lançamento de dois clássicos antigos da cultura da Índia: o Bhagavata Purana e o Bhagavad-gita Como Ele É. Sucedendo a publicação do épico ancestral Mahabharata em 2005, o lançamento destas escrituras é um grande evento, que representa um marco na história das relações culturais sino-indianas.

3 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (901)1

Representantes da Editora de Ciências Sociais da China (CSSP) e a Embaixada da Índia em Pequim, junto à tradutora da BBT, Jahnava Devi, celebrando o lançamento dos clássicos Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana.

A CSSP, uma renomada editora nacional ligada à Academia Chinesa de Ciências, celebrou recentemente 35 anos de atividade. Por mais de três décadas, a CSSP lançou um grande número de publicações notadamente intelectuais, ganhando a aprovação de um vasto número de leitores, tanto em território nacional quanto internacional, e desfrutando de uma alta reputação na academia. Na recém-lançada terceira edição da Lista de Premiação de Publicações do Governo, a CSSP aparece quatro vezes, o que a torna a editora mais premiada da nação. Anteriormente, a tradução do Mahabharata direto do sânscrito para o chinês (um projeto liderado por Huang Baosheng) garantiu à CSSP seu primeiro prêmio de publicação do governo.

Especializada em publicações acadêmicas, a CSSP sempre deu grande importância à publicação dos frutos culturais da Índia antiga. Até hoje, já publicou mais de 30 livros acadêmicos sobre a rica cultura da Índia, bem como estudos e pesquisas sobre sua história, incluindo traduções das Upanishads, por Huang Baosheng, e do Bhagavad-gita, por Xu Fancheng — livros traduzidos diretamente do original em sânscrito para o chinês.

3 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (901)2

Os dois clássicos lançados atualmente — o Bhagavata Purana e o Bhagavad-gita Como Ele É — são trabalhos assinados e traduzidos para o inglês pelo sanscritista indiano A.C. Bhaktivedanta Swami e traduzidos para o chinês em caracteres simplificados por Jahnava Devi, tradutora chefe e editora da filial chinesa da Bhaktivedanta Book Trust.

O projeto todo de tradução — 13,3 milhões de caracteres chineses — será completado em duas fases: a primeira fase será a publicação dos cantos de 1 a 9 em 12 volumes (8.144.000 caracteres chineses). A segunda fase será a publicação dos cantos de 10 a 12 (volumes 13 ao 19, com  5.156.000 caracteres chineses), uma edição traduzida diretamente do inglês para caracteres chineses simplificados. Características especiais, como o texto original em sânscrito, transliterações romanizadas do texto sânscrito, equivalente palavra a palavra do sânscrito e do chinês e traduções e comentários, conferem autenticidade literária e valor acadêmico. A edição do Bhagavata Purana de A.C. Bhaktivedanta Swami está listada como um dos projetos literários e de publicação mais importantes do 12º Plano de Cinco Anos do governo chinês (2011-2015), sendo também um projeto de inovação de publicação acadêmica financiado pela Academia Chinesa de Ciências Sociais.

A ancestral escritura de yoga Bhagavad-gita, também conhecida como “o néctar imortal da sabedoria do Absoluto”, era um companheiro vitalício de Mahatma Gandhi. Originalmente parte do sexto livro do Mahabharata, esse poema de 700 versos tornou-se um livro separado com ampla influência. Discute a relação entre o homem, a natureza e Deus: uma escritura antiga de completa inspiração e iluminação para os tempos modernos. A CSSP já publicou uma edição chinesa traduzida diretamente do texto em sânscrito por Xu Fancheng. O Bhagavad-gita Como Ele É foi traduzido para o chinês por Jahnava Devi da edição inglesa do livro também assinado por A.C. Bhaktivedanta Swami. Esta edição, atualmente a mais popular no mundo todo, contém as explicações de Bhaktivedanta Swami do clássico, e sua importância enquanto uma edição original — bem como seu grande valor acadêmico — não pode ser subestimada. As duas edições do Bhagavad-gita da CSSP oferecem a leitores interessados a oportunidade de fazer um estudo comparativo.

3 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (901)3

Jahnava Devi (esquerda) apresenta as obras de sua competente tradução.

Os dois clássicos lançados compreendem quase 9 milhões de caracteres, representando uma enorme tradução: um projeto de proporções históricas feito por uma única pessoa com a perseverança e dedicação de Jahnava Devi em mais de 19 anos. Seus esforços evocam respeito e admiração e comparam-se à tarefa hercúlea de Xuanzang, dando-lhe o título de “Xuanzang Moderno”. Indologistas e historiadores sabem que Xuanzang é um famoso monge, erudito e tradutor chinês que, no século VII d.C. fez uma viagem de 17 anos à Índia para trazer os ensinamentos budistas para a China. Posteriormente, tornou-se uma personagem principal no grande épico chinês Jornada para o Oeste. A enorme contribuição de Jahnava Devi às relações culturais sino-indianas será lembrada por gerações de leitores.

3 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (901)4

O público aplaude Jahnava Devi pela enorme contribuição às relações sino-indianas.

O chefe adjunto da embaixada indiana, Dr. B. Bala Bhaskar, fez o discurso principal no lançamento, observando a importância do lançamento dos dois clássicos. O evento contou com a presença do Sr. Rajeev Sinha, diretor do Centro Cultural da Índia, e de representantes da Academia Chinesa de Ciências Sociais. Vários especialistas e acadêmicos das universidades de Pequim compareceram ao evento e elogiaram grandemente os dois lançamentos.

Tradução de Kamalakshi Rupini Devi Dasi.

Se gostou deste material, também gostará destes: América Latina Vende Mais de 1 Milhão de Livros de Prabhupada, A Missão de Distribuir Livros, Sankirtana: Nós e o Público.

. 

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:

3 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (901)53 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (901)63 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (901)83 I (notícia - pregaç¦o) Bhagavad-gita Como Ele É e Bhagavata Purana Lançados em Chinês (901)7

2 Respostas

  1. Marco Zanella

    Magnífico! Meus respeitos e profundo reconhecimento ao trabalho árduo desta dedicada devota Jahnava Devi.

    Para mim, vem como uma bênção, pois já estava até meio angustiado por não ter como passar os conhecimentos do Bhagavad-gita a uma pessoa de minhas relações que praticamente só compreende chinês.

    Por favor, como posso adquirir um exemplar do Bhagavad-gita em chinês?

    27 de junho de 2014 às 12:05 PM

  2. Fernando Fernandes

    Indubitavelmente BENÇÃO DE KRISHNA e de Srila Prabhupada!!!

    8 de fevereiro de 2017 às 1:43 AM

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s