Uma das Coisas Mais Belas que Meu Mestre Espiritual me Disse Foi…

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1202) (ta)

Palavras inesquecíveis.

“Meu mestre nos ensina o que é ser um devoto”.

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1201) (ta)

As coisas mais belas que meu mestre me disse transcendem todas as formas de comunicação verbal. Buscam nos gestos, no olhar, no exemplo de vida a expressão mais sincera. Através de uma vida dedicada a Krishna, meu mestre espiritual consegue transmitir com exatidão o que significa levar uma “vida simples com pensamento elevado”. No cuidar das flores que serão oferecidas no altar, ou construindo um templo para Krishna, meu mestre espiritual demonstra quão importante é nos dedicarmos à vida espiritual, mas sem perdermos a conexão com a realidade. “Estar de olhos abertos para a realidade”, ele nos ensina, alertando-nos para essa clareza de pensamento. Uma clareza que nos mantém sóbrios diante dos apelos de nossa era, para que não nos percamos no desfrute dos sentidos e nos lamentos de uma vida sem sentido. Afinal, como ele mesmo diz, “quem não irradia absorve”. Irradiando, portanto, a vibração sonora dos santos nomes do Senhor, meu mestre nos ensina o que é ser um devoto: encarar a vida com destemor, com os sentidos e a mente fixos em Krishna, servindo sempre na missão de Srila Prabhupada.

(Yogindra Dasa, discípulo de Sua Santidade Purushatraya Swami, 45 anos, São José dos Campos, SP)

“A satisfação do mestre é ver o discípulo autorrealizado”.

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1202) (ta)

Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me falou foi que, para ele, o que importa não é qual serviço devocional eu esteja fazendo na ISKCON, e sim se eu estou feliz e satisfeita, porque, se eu estiver feliz, então ele também estará feliz e satisfeito independente do serviço que eu faça. A satisfação do mestre é ver o discípulo autorrealizado.

(Madhurya Prema Devi Dasi, discípula de Chandramukha Swami, 30 anos, Teresópolis, RJ)

“Em minha confusão mental, busquei Guru Maharaja pedindo esclarecimentos”.

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1203) (ta)

Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi que eu não precisava duvidar de sua fidelidade a Srila Prabhupada, que era completa. Ele me disse essas palavras olhando dentro de meus olhos, antes de sorrir a sua maneira peculiar.

O contexto foi que eu estava no Seminário de Campina Grande, atual Instituto Jaladuta, e eu estava apenas há um ano no Movimento Hare Krishna. Guru Maharaja, então, em certa aula do Bhagavad-gita, levara para a sala de aula o Bhagavad-gita com os comentários de Visvanatha Chakravarti para explicar um ponto. Eu fiquei estarrecido com aquilo, porque eu pensava que todo Bhagavad-gita diferente do de Prabhupada era “desautorizado”, “impersonalista”, “fruto de especulação” etc. Fiquei extremamente desorientado com aquele evento, como se o mundo todo não tivesse mais sentido.

Em minha confusão mental, busquei Guru Maharaja pedindo esclarecimentos, humildemente, e ele me disse: “Você não precisa duvidar de minha fidelidade a Srila Prabhupada. Minha fidelidade a Srila Prabhupada é completa”.

Foram palavras muito fortes, as quais se confirmaram muitas e muitas vezes em minha vida. No Seminário, o dia em que Guru Maharaja estava visivelmente mais feliz era no sábado, que era dedicado a adorar Srila Prabhupada e a ler sua biografia. Mais recentemente, escreveu-me dizendo que sentia não podermos manter contato frequente por falta de tempo, mas que, quando abria um livro de Prabhupada ou outro livro da consciência de Krishna, e via meu nome nos créditos, ficava feliz em saber que nós dois estamos servindo à mesma missão – a missão de Srila Prabhupada.

Definitivamente, seu apego a Srila Prabhupada é sua motivação em tudo, e espero poder me contaminar cada vez mais com esse apego e, deste modo, limpar o meu coração de tantas sujeiras que insistem em ficar.

(Bhagavan Dasa, discípulo de Sua Santidade Dhanvantari Swami, 28 anos, Juiz de Fora, MG)

“Se quer ver os detalhes, necessitará de um telescópio”.

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1204) (ta)

Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual já me disse foi: “Todo mundo pode ver a Lua. Porém, se quer ver os detalhes, necessitará de um telescópio. Isso é o guru-parampara. Precisamos fazer parte dessa cadeia de lentes”. Essa foi a resposta dele à minha oferenda de Vyasa-puja no ano de 2013.

(Gopa Vrinda Pala Dasa, discípulo de Sua Santidade Hanumat Preshaka Swami, 27 anos, São Paulo, SP)

Acreditar nessas palavras é entregar-se com confiança”.

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1205) (ta)

Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi: “Avance com determinação e confiança!”. Em seu Upadeshamrita, Rupa Goswami lista entusiasmo (utsahat) e esforço com confiança (nischayat) como princípios favoráveis que garantem o pleno êxito na prática do serviço devocional puro. Sendo gurudeva uma alma liberada e, certamente, um exemplo de entusiasmo e confiança em Krishna – o que pode ser constatado ao vermos sua atuação em Goura Vrindavana –, ouvir e ter fé em tais palavras que remetem a oportunidades de autorrealização e de regresso ao lar espiritual é ver na prática o plantio da semente de bhakti-lata, a trepadeira da devoção, em nossos corações. Acreditar nessas palavras é entregar-se com confiança ao serviço amoroso, à proteção e à ajuda daquele vidente da verdade, sabendo que o fruto maduro desse serviço é sempre exitoso. É ter a certeza de que tudo isso irá acontecer pela graça do guru e pela misericórdia de Krishna, e, sob a orientação do mestre espiritual, deve-se fazer tudo o que for favorável ao serviço devocional, como nos aconselha o Senhor Chaitanya Mahaprabhu.

(Vinoda-vani Devi Dasi, discípula de Purushatraya Swami, 30 anos, Belo Horizonte, MG)

“Tive a comprovação prática”.

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1206) (ta)

Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual já me falou foi: “Cantar os santos nomes na associação dos vaishnavas é a posição mais segura do universo”. Essas palavras registraram minha primeira visita ao ashrama Vrajabhumi, buscando o abrigo de Chandramukha Swami. Eu vivia em meio a um oceano de confusão, e tudo que eu precisava era da orientação espiritual de alguém que realmente pudesse me instruir em relação a como aplicar tal conhecimento no meu cotidiano. Eu realmente estava disposto a mudar de vida! Então, tive a comprovação prática de que a associação constante com os devotos de Krishna e a ocupação no serviço devocional na missão de Prabhupada me trazem a verdadeira felicidade e a verdadeira paz interior.

(Dhira Chaitanya Dasa, discípulo de Chandramukha Swami, 26 anos, Rio de Janeiro, RJ)

“Prabhupada amou cada um de nós puramente”.

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1207) (ta)

Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi o conteúdo de uma carta a Karandhara Dasa em 22/12/72. Prabhupada inspira-me muito com palavras que falou para todos nós. O trecho da carta é este:

“Nossos líderes devem ser muito cuidadosos para não matar o espírito de serviço entusiástico, que é individual e espontâneo e voluntário. Devem sempre tentar gerar mais atmosfera de desafio renovado aos devotos, para que eles concordem entusiasticamente a se levantarem e assumi-lo. Eis a arte da administração: extrair o espírito do amor espontâneo de sacrificar alguma energia para Krishna”.

Para difundirmos a consciência de Krishna em todo lugar, temos sempre que ter um equilíbrio entre disciplina devotada e criatividade individual. Prabhupada amou cada um de nós puramente, e deu espaço na ISKCON para cada um de nós crescer como almas únicas, mesmo enquanto cooperamos abnegadamente com nossos colegas de prática. Temos que preservar esse legado de liderança iluminada enquanto dirigimos nossas famílias, nossas comunidades e, inclusive, quando a direção é de nós mesmos.

(Hridayananda Dasa Gosvami, discípulo de Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, 66 anos, Chapel Hill, Estados Unidos)

Todo o conteúdo das publicações de Volta ao Supremo é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores.

.

Se gostou deste material, também gostará destes: Se eu não tivesse conhecido os devotos de Krishna…, O que Mais me Atrai em Krishna É….

.

Se gostou deste material, também gostará do conteúdo destas obras:

19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1208) (ta) 19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1209) (ta) 19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1210) (ta) 19 I (depoimentos - Sucessão Discipular e Mestre Espiritual) Uma das coisas mais belas que meu mestre espiritual me disse foi (1211) (ta)

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s